Publicidade
Esportes
Craque

Penarol perde para o Remo por 4 a 2 em Belém e se complica na Série D

O time já havia perdido em casa para o Atlético Acreano na estreia da Série D. Agora o Leão vai tentar se reabilitar diante do Vilhena, em casa 01/07/2012 às 21:04
Show 1
O segundo gol remista foi assinalado pelo volante André, que desviou para o gol depois de uma falta cobrada na área.
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

O Penarol perdeu a segunda partida na Série D do Campeonato Brasileiro. O time foi derrotado pelo Remo, por 4 a 2, na tarde deste domingo, no Estádio Evandro Almeida, em Belém (PA).

O Clube do Remo venceu a sua primeira partida. O atacante Cassiano abriu o placar em um golaço, depois de aplicar o chamado "drible da vaca" no adversário, o jogador acertou um chutaço sem chance para o goleiro Carlão.

O segundo gol remista foi assinalado pelo volante André, que desviou para o gol depois de uma falta cobrada na área. O terceiro gol foi de Fábio Oliveira, que acertou uma bela cabeçada após cruzamento de Dida.

O time do Penarol reagiu rapidamente. Primeiro com o gol de cabeça de Marinho, depois de um escanteio da direita. Em seguida, na bela cobrança de falta de Fininho.

O Leão chegou ao quarto gol com o Marcelo Maciel, que havia acabado de entrar na partida, o atacante aproveitou a sobra na área e marcou.

Na terceira rodada o Remo joga em Caracaraí (RR) contra o Náutico, enquanto que o Penarol enfrenta o Vilhena, no Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara.

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Paulo Santos de Moreira-MA

Assistentes: Aelson Mariano Campos Gomes-MA e Geison Mendes dos Santos-MA.

4º Árbitro: Andrey da Silva e Silva-PA

Local: Estádio Evandro Almeida, o Baenão

Público Pagante: 4.636

Público Total: 5.650

Renda: 53.960

Remo: Adriano; Dida, Diego Barros, Edinho e Aldivan (Thiago Cametá); André, Jhonnatan, Edu Chiquita e Reis (Ratinho); Cassiano e Fábio Oliveira (Marcelo Maciel). Técnico: Edson Gaúcho.

Penarol: Carlão; Zé Carlos, Lídio, Dias e Fernando; Rondinelli, He-Man (Marinélson), Paulo Roberto (Igor Cearense) e Fininho; Marinho e Fábio Bala. Técnico: Paulo Morgado.