Publicidade
Esportes
Craque

Pesquisa aponta que Mano Menezes não tem o perfil para ser técnico da Seleção Brasileira

Diante do segundo fracasso em competições oficiais à frente da Seleção Brasileira, a dúvida se Mano Menezes ainda é o técnico ideal para treinar o time nacional de futebol vem à tona. No que depender da pesquisa feita pela consultoria de Recursos Humanos Etalent, a resposta é não. 18/08/2012 às 09:56
Show 1
Segundo pesquisa, Mano Menezes não tem o perfil de técnico da Seleção
Izomar Fernandes Hedeson Alves/AFP

A empresa promoveu uma pesquisa entre profissionais de Recursos Humanos para determinar qual seria o perfil ideal para o técnico da Seleção. Ao mesmo tempo, as características aparentes de Mano Menezes foram traçadas.

“Como gestor de um time, o técnico ideal precisaria de entusiasmo, sociabilidade, autoconfiança. E a pesquisa identificou que o Mano tem essas características em um nível abaixo do considerado ideal para quem ocupa o seu cargo. Em uma escala de 0 a 10, ele tem nota 5” ,explicou Jorge Matos, presidente da Etalent.

Mano foi classificado como uma figura prevenida, apresentando cautela e pragmatismo como características mais explícitas. Jorge Matos não condena completamente a presença do estilo Mano na Seleção, mas entende que ele seria melhor aproveitado em outra função.

“Mano parece mais europeu. Seu perfil burocrático seria ideal na seleção inglesa ou alemã. O brasileiro é mais sangue quente. Isso pode contaminar os jogadores dentro de campo, deixá-los mais cautelosos. Ao mesmo tempo, pode gerar intimidação. Imagino que isso possa acontecer com o Neymar e outras peças mais extrovertidas. Se ele fosse auxiliar, não haveria problema”, completou Matos, ressaltando que Felipão tem um perfil mais abrasileirado.

Compromissos Mas como Mano ainda é quem manda, ele tem compromissos marcados, como a convocação para os amistosos contra África do Sul e China, que serão em 7 e 10 de setembro, no Morumbi e Arruda, respectivamente. O anúncio da lista será na quinta-feira, às 13h30 (horário de Manaus), em um hotel da Zona Sul do Rio.

Mano Menezes
O relatório foi elaborado pela Etalent com base na metodologia DISC de Análise de Perfil Comportamental, desenvolvido pelo psicólogo e professor de Harvard William M. Marston.

Mano Menezes foi considerado prevenido e as principais características foram destacadas abaixo. Ao mesmo tempo em que dá importância à estabilidade e estruturação nos ambientes em que atua, é detalhista e se destaca pela concentração, Mano parece apático, mesmo diante de trabalhos estimulantes, e não projeta uma imagem de autoconfiança.

Perfil

1- Cautela para não precisar remediar:
Cautela ou retranca, Mano deu mostras dessa característica em Londres, ao optar por Alex Sandro, em vez de Lucas, por exemplo.

2 - Vai fazer acontecer, porém com segurança:
Alterações drásticas no esquema de jogo não fazem parte do perfil de Mano. Até encontrar o time ideal, ele vai testar, testar, testar.

3 - Natureza reflexiva:
Pelo menos nos treinamentos, Mano é muito observador. Pensa o máximo de tempo possível antes de interromper. Broncas são raras.

4 - Não se apressa para tomar decisões:
O meia Lucas que o diga. É raro ver o treinador promovendo uma alteração logo no intervalo das partidas.

5 - Cerca-se de segurança antes de investir num novo plano:
Para que um jogador possa integrar a Seleção, é preciso de um tempo longo de observação. Não basta explodir no clube.

6 - Sabe segurar impulsos e usá-los no momento adequado:
São raros os momentos de impaciência de Mano nas coletivas, por exemplo. Ele tenta ao máximo não sair do sério com repórteres.

7 - É desconfiado por natureza e "não bota prego sem estopa":
Para cair nas graças do Mano, é necessário um tempo. Um jogador não vira queridinho do treinador logo de cara.

8 - Sabe esperar para ganhar no fim:
É difícil ver a Seleção de Mano com uma blitz inicial, como ocorreu com o Egito. São mais comuns os botes na reta final, como na Suécia.

9 - Tranquilo, não dá passo sem estar seguro do que faz:
Adepto da coerência. Não deixa transparecer insegurança. É preciso algo grave para fazê-lo mudar de ideia. Vide Ronaldinho Gaúcho.

Técnico ideal
O técnico ideal tende a exercer uma liderança natural e é bastante voltado para os resultados e as relações sociais. Tem uma personalidade cativante e entusiasmada, conseguindo alcançar os objetivos através das pessoas. Por isso, sente-se à vontade com pessoas que ainda não conhece. Costuma tomar a iniciativa em situações sociais, mas às vezes pode mostrar-se um pouco impaciente com as outras pessoas. Tende a apresentar uma visão otimista do futuro.