Publicidade
Esportes
Craque

Polícia Civil quer entrar na Casa do BBB 12 para exames de corpo de delito em Monique

O titular da Delegacia da Taquara (32º DP), Antônio Ricardo, disse que a polícia está investigando o caso e que possui um vídeo com sete minutos de duração, que será analisado por peritos e técnicos para apurar o caso. Ainda segundo o delegado, Monique não é obrigada a realizar o exame, que só poderá ser feito com o seu consentimento 16/01/2012 às 17:46
Show 1
Daniel e Monique teriam feito sexo em BBB 12
acritica.com ---

A Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu, nesta segunda-feira (16), um inquérito para investigar se houve ou não estupro envolvendo a participante gaúcha Monique Amin (23). O assunto repercurtiu nas redes sociais após a 'Festa Fusion', que ocorreu no último sábado (14), no Big Brother Brasil 12, onde o modelo paulista Daniel Echaniz (31) teria se aproveitado da moça - que estava embriagada - e  teria feito sexo sem o conscentimento da 'sister'. Neste momento, a polícia tenta entrar na casa para fazer exame de corpo de delito. Áudio foi cortado da transmissão por 'pey per view'.

Para não chamar atenção dos outros participantes - e principalmente do público, Monique foi chamada pela equipe de produção do reality show alertando que ela tinha consulta com um dentista.

O titular da Delegacia da Taquara (32º DP), Antônio Ricardo, disse que a polícia está investigando o caso e que possui um vídeo com sete minutos de duração, que será analisado por peritos e técnicos para apurar o caso. Ainda segundo o delegado, Monique não é obrigada a realizar o exame, e que o mesmo só poderá ser feito com o seu autorização.

No twitter há comentários de que “Tiraram o mosaico do PPV do ar pq a polícia está na casa do BBB para apurar o suposto estupro. Surreality show.” A hastag  #praquemnaotemPPV está informando aos internautas em tempo real o que ocorre na Casa do BBB 12.

O diretor do reality show, Boninho, disse em seu blog que: "Ela não confirmou que teve sexo e disse que tudo o que aconteceu foi consensual. Não dá para garantir que houve sexo, muito menos estupro. Eles estavam debaixo do edredon e de lado. Mas o mais importante é que ela [Monique] estava consciente de tudo. Ela me disse que na hora que o clima esquentou pediu para ele [Daniel] sair da cama.". Ele ainda disse que Daniel está sendo vítima de racismo.

Entenda o caso

O carioca Daniel virou assunto nas redes sociais após protagonizar uma movimentação intensa e repetitiva com Monique por baixo do edredom dentro da casa do Big Brother Brasil 12. A hashtag #danielexpulso, internautas pediam a saída do integrante o acusando de estuprar a colega de confinamento.

A movimentação aconteceu após a festa de sábado (14), quando os dois dividiam uma cama. Durante a madrugada era possível perceber uma movimentação contínua do brother Daniel, enquanto Monique, que estava dormindo, pouco se mexia.

O diretor do programa, Boninho, diz não considerar a ação um estupro e por isso não haveria expulsão do participante: “Eles supostamente transaram. Não rolou estupro”, disse.

As cenas foram retiradas do site “Globo.com” e do “Youtube”.