Publicidade
Esportes
Craque

Preso por roubar carne e isqueiro, artilheiro do Amazonense 2011 está 20 quilos mais magro e não tem documentos

Bazinho abandonou a família e se entregou às drogas. Ele ainda chegou a treinar  no Operário de Manacauru no início da temporada, mas abandonou o clube 22/11/2012 às 16:16
Show 1
Bazinho, quando atuava pelo Fast Clube
Acritica.com Manaus (AM)

Preso na cidade de Manacapuru (80 quilômetros de Manaus) por roubar pouco mais de seis quilos de carne e uma cartela de isqueiros, o jogador Bazinho – artilheiro do Amazonense 2011 – com 11 gols, está 20 quilos mais magro e não tem documentos.

O jogador foi preso nesta quarta-feira por policiais da viatura da Força Tática do 9º Batalhão da Polícia Militar de Manacapuru, em flagrante, depois que deixou o Supermercado Barateiro, na mesma cidade.

Francimar Costa dos Santos,  tem 33  anos e nasceu em Itacoatiara 9276 quilômetros de Manaus). O jogador foi revelado pelo Penarol e atuou pelo Fast  Clube, Nacional, São Raimundo, Princesa e Operário. Desde o ano 2000, quando começou a jogar em Manaus, Bazinho marcou 85 gols.

Na tarde desta quarta-feira a ex- mulher de Bazinho foi até a delegacia de Manacapuru levar roupar e uma cópia da carteira de identidade. O juiz da Comarca de Manacapuru, Celso Antunes Filho, ainda não liberou o jogador para ser internado em uma clínica de recuperação em Manaus por falta de documentos.

Bazinho é pai de três filhos. Todos moram com a mãe Nadiane Vasconcelos em Manaus.