Publicidade
Esportes
Craque

Princesa e Nacional disputam taça e podem definir campeão do ‘Barezão’, neste domingo (11)

Tubarão e Leão jogam segunda partida pela Taça Cidade de Manaus, entretanto confronto pode dar título de campeão amazonense ao time de Manacapuru por antecipação. Jogo ocorre às 17h, no Sesi 10/05/2014 às 19:12
Show 1
Em caso de vitória, Princesa pode levar Taça Cidade de Manaus e se consagrar campeão estadual de 2014
Anderson Silva Manaus (AM)

O segundo jogo da final da Taça Cidade de Manaus, neste domingo (11), às 17h no estádio do Sesi, Zona Leste, também poderá ser o último jogo da final do Campeonato Amazonense 2014. Para isso, basta apenas uma vitória simples do Princesa diante do Nacional. Com o resultado o Tubarão vence o returno e conquista o título por antecipação, por ter vencido o primeiro turno. Um empate favorece o Leão, que quer a taça do returno para forçar a decisão do campeonato em mais dois jogos.

O primeiro embate teve a vitória, de virada, do time azulino (2 a 1), que vai tentar impor o mesmo ritmo, para surpreender o atual campeão amazonense. De fora do confronto por estar lesionado, o lateral Amaral será substituído por Dailson. “As características de jogo mudam, mas tenho certeza que ele não vai decepcionar”, afirmou o treinador Sinomar Naves.

De olho no adversário, o técnico do Nacional, Sinomar espera comprometimento do grupo. “Assisti ao jogo do Princesa (contra o Santos). Fez um bom segundo tempo, teve uma boa dinâmica e reação esperada. Espero que os nossos jogadores tenham o mesmo comprometimento, como foi o da primeira final”, frisou.

Sede de gol

Artilheiro do Estadual do ano passado, com 14 gols, o atacante Leonardo, aos poucos, vai ocupando seu espaço. Mais de dois meses afastado do clube por ter sofrido uma fratura no rosto, o jogador entrou no segundo tempo da partida contra o Princesa e “incendiou” o jogo. A garantia da participação como titular ainda não é certa. “Dentro daquilo que nós planejamos de recuperação ele vem passando por etapas. Entrou bem no segundo tempo contra o Princesa e fiz um treinamento com ele, o Fabiano e o Capixaba (Felipe). Vou definir isso antes do jogo”, analisou Naves.

Voltando aos poucos, atacante Leonardo quer fazer a diferença na final (Foto: Bruno Kelly)

Ansioso pela plena recuperação, Leonardo ficou fora de partidas importantes e espera que hoje possa ser diferente. “É ruim estar do lado de fora e ver o Nacional jogar com o Remo e Corinthians. A situação de não poder ajudar a equipe é muito ruim”, disse o jogador que aguarda a entrada no jogo. “Venho treinando há muito tempo e o professor me deu uma chance de poder ajudar na última partida. Se optar por mim estarei preparado”, avisou.

Princesa

Embalado com a “derrota empolgante” para o Santos, o Princesa volta as atenções para a final. Uma vitória por qualquer placar dá o bicampeonato ao time do interior. A exemplo do que fez na Copa do Brasil, o técnico Marcos Piter vai com o discurso humilde e respeitador.

“Temos que ter consciência e respeito. Não vai ser fácil e precisamos estar atentos”, declarou. A atenção pedida pelo treinador aos jogadores também se resume ao atacante do Nacional, Leonardo. “É um grande jogador e muito perigoso. É um cara que faz gols e se mexe muito no jogo. Temos que ter atenção nele, mas também em outros jogadores”, acrescentou o treinador que definiu o time na tarde de ontem.

O meio de campo Fininho acredita num time mais focado no Estadual. “A derrota passada serviu de lição. Precisamos entrar com muito mais vontade e determinação. Estamos preparados para fazer o melhor. Vai oferecer um grande jogo”, prevê o meia que foi um dos destaques na partida contra o Santos.