Publicidade
Esportes
NOVOS CICLISTAS

Projeto leva ciclistas iniciantes a competirem no campeonato amazonense amanhã (17)

Ciclistas iniciantes terão sua própria categoria no Campeonato amazonense de ciclismo de estrada, que acontece neste domingo (17) 15/09/2017 às 20:58 - Atualizado em 16/09/2017 às 08:58
Show 18664682 1298819476833413 6240161825380501530 n
Novos competidores e, também, os experientes estarão presentes nas disputas da 5ª Etapa do Campeonato amazonense de Ciclismo de Estrada. Foto: (Feciclam/ divulgação)
Jéssica Santos Manaus - AM

Disputas em alta velocidade vão acontecer no próximo domingo (17), na 5º Etapa do Campeonato Amazonense de Ciclismo de estrada, no Loteamento Nova Amazonas 2, em Iranduba, válida pelo ranking estadual de ciclismo. Desta vez, a principal novidade será a prova para ciclistas que nunca participaram antes, intitulada “Minha primeira prova de ciclismo”.

A Federação de Ciclismo do Amazonas criou o projeto: “Em busca de novos talentos”, que visa incentivar ciclistas que nunca participaram de uma competição ciclística a estrearem nas disputas. Os novos competidores e os atletas das categorias Juvenil/júnior, masculino e feminino (14 até 18 anos) pagaram apenas 25 reais para se inscreverem na prova.

Rodrigo Belém será um dos participantes da prova para iniciantes. “Desde criança, eu pedalava, mas depois de adulto, voltei em 2010, e fiquei um tempo fazendo mtb (mountain bike), até que em 2013, conheci o ciclismo de estrada, através de um amigo, percebi que era uma pegada diferente, comprei uma bike, e me vi andando mais e mais na rua, e não nas trilhas”, conta ele.

Rodrigo é de Manaus, mas estava morando em Curitiba na época. E, apesar de nunca ter participado de uma prova de ciclismo de estrada, ele já participou de três provas de mountain bike desafiadoras. “Participei do Audax, evento onde o objetivo é completar o percurso, um amigo me convidou, mas são 200 km de prova”, conta.

O ciclista disse que ainda não pedala com nenhum grupo de ciclismo, e que vem se preparando sozinho mesmo para esta competição. “Achei interessante participar; não sei se vou conseguir uma boa resolução, mas o objetivo principal vai ser saber como é uma corrida”, explicou.

Quem também vai encarar pela primeira vez uma competição de ciclismo é o fisioterapeuta Éder Keller. “Eu já estava treinando justamente para poder participar de uma competição como essa. Minha expectativa para a prova é terminar numa boa colocação, mas, principalmente, adquirir experiência”, disse ele.

Éder disse que começou a pedalar final de fevereiro com o grupo ‘Amigos do Pedal’. “Tomei gosto pela coisa e comecei a fazer um treinamento mais específico com o Mickael David, que já é um ciclista há algum tempo, treinamos mountain bike e ciclismo de estrada”. Eles costumam pedalar 1h, três vezes por semana, e chegam a fazer treinos mais longos, com 50 a 70 km de pedal.

E por também pedalar nas trilhas, Éder também está mirando as competições de Mtb. “Vou participar de uma etapa do campeonato, que será uma maratona, em novembro”, disse.

Disputas na elite

Na elite masculina, a disputa por pontos está principalmente entre Kayõ Luna, Jorge Farias e Raul Nascimento; e na categoria feminina, está entre Nayme Nunes e Thaís Dias. Mas o Campeonato amazonense de ciclismo de Estrada terá a presença especial de Rebeca Fonseca na disputa novamente. A ciclista está de volta, após seis meses treinando e competindo na França, e fala da sua expectativa para a prova, em que pretende fazer a largada com os homens.

 

 

“Não é fácil e não sei realmente se vou poder competir com os homens, mas a expectativa é grande. Competir com eles é sempre uma desvantagem, já que sou mulher. Mas é também uma oportunidade de aumentar ainda mais meu nível e me manter bem para as competições na França, além de prestigiar o ciclismo da minha terra querida”, explica Rebeca, feliz com o crescimento do ciclismo feminino no Estado. “Quando comecei não tinham meninas competindo e, hoje, já tem várias adeptas”, afirma.

Rebeca também tem a intenção de competir o Campeonato Brasileiro de Pista, mas ainda aguarda a confirmação da prova, visto que ela estava prevista para acontecer no velódromo do Rio de janeiro, atingido por um incêndio em julho.