Publicidade
Esportes
Futebol Amazonense

Princesa do Solimões já trabalha na montagem do elenco para a Série D

Jogadores se reapresentam na próxima segunda-feira (16) para retomar os treinos e focar no acesso à Série C do Brasileirão 11/05/2016 às 13:55
Show zcr0711 02r
Técnico Zé Marco retorna ao time de Manacapuru nesta quinta-feira (12). (Foto: Evandro Seixas)
Valter Cardoso Manaus-AM

Mesmo sem saber a data e o adversário da estreia da série D do Campeonato Brasileiro o Princesa já iniciou a preparação para buscar o acesso. Com a apresentação do elenco marcada para a próxima segunda-feira (16), o time trabalha na montagem do plantel para iniciar os trabalhos.

Apesar de ainda não ter iniciado na competição, o Tubarão já enfrenta o primeiro adversário: a crise econômica. “A gente vai tentar ver o menor número possível (de atletas) pela receita, porque é muito difícil. A gente vai ter uma despesa de R$ 150 mil por mês que a gente vai ter que ralar para honrar. Então a gente está indo com muito cuidado para sempre fazer o correto e não falhar com ninguém”, explicou o diretor de futebol do Princesa, Raphael Maddy. 

Enquanto negocia novos nomes, o time também tenta manter atletas que já estavam no clube. Vanderson, Deurick e Nando, são jogadores que ainda negociam a permanência. O atacante Lacraia recebeu proposta do Botafogo-PB, maior que a proposta do Princesa, mas ainda não definiu seu futuro.


Retorno certo é o do técnico Zé Marco, que chega ao Amazonas na quinta-feira (12) depois de comandar o Galvez, do Acre, em jogos do Campeonato Acreano e da Copa do Brasil. Entre os jogadores novos no clube, a chegada de Adonias, ex-São Raimundo é a principal novidade. Pablo, João Rodrigo, Geovane e Danilo, também chegaram ao time de Manacapuru.  

Elenco

Até o momento, o elenco do Princesa conta com 16 jogadores: Goleiros: Rascifran e Pablo; Laterais: Emerson, João Rodrigo, Guilherme e Gelvane; Zagueiros: Pastor, Hitalo, e Danilo; Volante: Amaral e Dênis. Meias: Michel Parintins, Adonias e Toró; Atacantes: Weverton e Edinho Canutama.