Publicidade
Esportes
Craque

Ramires se diz mais experiente

Mais experiente desde sua última partida em Copa do Mundo, Ramires afirma que não cometerá os mesmos erros de quatro anos atrás, quando foi expulso no jogo contra o Chile 11/06/2014 às 19:08
Show 1
Após ficar de fora do último jogo do Brasil na Copa de 2010, Ramires diz estar consciente quanto à necessidade de evitar faltas e, principalmente, os cartões
Felipe de Paula Teresópolis (RJ)

Durante a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, Ramires foi expulso no jogo contra o Chile e ficou de fora da partida decisiva contra a Holanda, em que o Brasil foi eliminado com dois gols de Sneijder. Mais experiente neste Mundial, ele diz ter aprendido com o incidente.

"Para esta Copa, fica a lição da necessidade de evitar faltas e principalmente os cartões", diz ele, confessando ter lamentado muito a ausência no jogo da quartas de final daquele. "Senti bastante pelo fato de o Brasil ter jogado bem no primeiro tempo. Sinceramente, acho que sairíamos com a vitória. O futebol dá voltas".

E dá mesmo. No jogo ao qual Ramires se refere, o volante brasileiro Felipe Melo foi expulso pelo árbitro Yuichi Nishimura após entrada dura em Robben. E é justamente o árbitro japonês que irá apitar a partida de estreia da Seleção Brasileira na Copa, diante da Croácia, neste quinta-feira (12), às 16h (horário de Manaus).

Ramires, que assim como Luiz Gustavo, concedeu entrevista coletiva na Granja Comary no início da tarde desta terça-feira, comentou ainda a amizade que tem com o jogador Samuel Eto'o, seu colega no Chelsea e adversário do terceiro jogo brasileiro, no dia 23 de junho, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

"Samuel é meu amigo, um excelente jogador, com grande bagagem no futebol. Não pode vacilar com ele, até porque em jogos grandes ele cresce bastante. Vimos isso no Chelsea. É um jogador importante que pode surpreender nesta Copa e estamos tomando os devidos cuidados...", finaliza.