Publicidade
Esportes
Craque

Recanto da Criança goleia Brasileirinho no Peladinho, em Manaus

A equipe do Recanto da Criança balançou a rede da equipe do Brasileirinho 11 vezes, venceu por 11 a 1 e mostrou que não veio para brincadeira na competição  22/10/2012 às 08:19
Show 1
Atacante do Recanto marca 7 gols na vitória por 11 a 1 e se isola na tabela de goleadores
Antonio Melo Manaus

Numa manhã de sábado com muito sol e calor, a segunda rodada do Peladinho 2012 teve chuva de gols nos jogos que foram disputados no Estádio Ismael Benigno (Colina), no bairro do São Raimundo, Zona Oeste. A equipe do Recanto da Criança balançou a rede da equipe do Brasileirinho 11 vezes, venceu por 11 a 1 e mostrou que não veio para brincadeira na competição. O destaque foi o atacante Bruno Silva, 14, que marcou sete vezes.

Começando com um primeiro tempo arrasador, o time do bairro da Cidade Nova 5, na Zona Norte, jogou como gente grande e iniciou a partida fazendo muita pressão contra a jovem equipe da comunidade do Rio Piorini. E, em menos de cinco minutos, dois gols marcados.

Com muita sede de gol, só na primeira etapa a equipe teve uma participação de gala e não tomou conhecimento do time adversário fechando o primeiro tempo em 5 a 0.  “Fico muito feliz de poder ajudar a equipe e fazer muitos gols. Este ano queremos o título e vamos trabalhar para isso” conta o camisa 9 da equipe, que assume a liderança isolada da competição com 12 gol em dois jogos.

Não satisfeita com a atuação, a molecada do Recanto da Criança fez mais seis gols na segunda etapa, aumentando seu saldo positivo de gols no campeonato. Com 26 gols em dois jogos, o Recanto da Criança surpreende na competição e já se torna um forte candidato ao título 2012. Na primeira rodada da competição o time goleou por 15 a 0 o Amigos do Batata. De acordo com o coordenador de esporte do grupo, Jailton Oliveira, 36, o objetivo dos garotos é conquistar o título visando um bom campeonato. Ele destacou o incentivando da diretoria quanto ao estudo da molecada. “Temos muita alegria de trabalhar com essa garotada, pois além de serem esforçados dentro de campo, eles procuram sempre ir bem na escola. E esse ano se Deus quiser lutaremos pelo título”, conta.

Por outro lado, o estreante Brasileirinho sofreu para segurar o ímpeto do Recanto da Criança, por ter o time com menor estatura da rodada. Segundo o professor Miguel Cruz, 55, a finalidade é colocar a garotada para ganhar experiência para participar nos próximos campeonato. “A estatura do time é muito baixa. Como você pode ver, o time é formado praticamente por crianças de 12 e 13 anos. Eles são pequenos e não têm corpo para disputar com o time deles. Mas, o objetivo é fazer com que eles ganhem maturidade para o Peladão do ano que vem. A maioria deles joga salão e sentiu jogar no campo” disse.