Publicidade
Esportes
Craque

Renegados no Nacional, dupla de atacantes busca refúgio no Iranduba

Os dois jogadores foram revelados nas divisões de base do Nacional, mas não conseguem espaço para jogar e preferiram parar no Iranduba para o Estadual 03/02/2013 às 13:50
Show 1
Thiago Amazonense (à frente) e Carlos Henrique, do Iranduba
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Revelados no Nacional, os atacantes Thiago Amazonense, 20, e Carlos Henrique, 22, vão tentar a sorte no Iranduba, do técnico Sérgio Duarte. Os dois jogadores até fizeram parte do elenco do Nacional no ano passado, mas neste ano resolveram atravessar a ponte e jogar pelo Verdão.

Os dois jogadores devem formar a dupla de ataque do Iranduba no Amazonense. Sérgio Duarte acredita no potencial dos jogadores e até agora não acena com a possibilidade de um dos dois não ficar com a camisa titular.

“São jogadores de qualidade. Tiveram uma boa base e vão ser aproveitados. Os dois têm boa velocidade e podem ser destaques no Amazonense”, disse Sérgio Duarte.

Deixar o Nacional e jogar numa equipe considerada pequena não é demérito para Carlos Henrique. Segundo ele, o jogador tem de passar por algumas situações que requer um pouco mais de sacrifício, como se deslocar de Manaus para Iranduba para treinar.

“Hoje eu e o Thiago estamos vindo todos os dias no carro dele. É cansativo porque trabalhamos forte de depois tem de dirigir até Manaus. Não é fácil. Mas vai valer o sacrifício”, disse Carlos Henrique.

Thiago jogou várias partidas no ano passado com o Nacional, quando o time ficou sem Leonardo, Charles e Garanha, mas as atuações não foram suficientes para ficar no elenco desse ano.

“Não é fácil conseguir uma vaga até porque o Nacional traz muitos jogadores de fora. Mas o Iranduba está dando essa oportunidade de vamos agarrar e fazer um bom campeonato. Vamos lutar pra fazer uma boa campanha com o Iranduba”, disse Thiago.

O Iranduba vai folgar na primeira rodada do Campeonato Amazonense e estréia em casa contra o Penarol, dia 23 de fevereiro. O técnico Sérgio Duarte aguarda a chegada de jogadores que estão vindo do futebol paraenese. Um deles é o goleiro Paulo Roberto