Publicidade
Esportes
Craque

Representante do Projeto Galera Nota 10 disputa Brasileiro de Kung Fu

O atleta divide os treinos de kung fu – que pratica desde os quatro anos – com outras duas modalidades: o boxe e o MMA 23/08/2012 às 16:10
Show 1
Rubem Souza durante treinamento
Acritica.com Manaus (AM)

Apesar da pouca idade, Rubem Souza já não é mais uma promessa do kung fu amazonense. Aos 17 anos, o lutador é bicampeão brasileiro juvenil (até 64 kg) e, nesta sexta-feira, 24 de agosto, viaja para São Paulo em busca do terceiro título nacional. Ele recebe apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Na bagagem, Souza não leva apenas o equipamento e as esperanças de conquistar o campeonato – ele também carrega o orgulho e a responsabilidade de representar o  “Galera Nota 10”, programa de inclusão social do Governo do Estado e do qual ele faz parte desde o início, em 2002.

“Comecei com seis anos, e foi uma coisa que me salvou. Se não fosse o ‘Galera’, eu poderia ser outra pessoa, sem perspectiva nenhuma”, afirma.

O atleta divide os treinos de kung fu – que pratica desde os quatro anos – com outras duas modalidades: o boxe e o MMA. No esporte de Esquiva Falcão (medalha de prata na categoria até 75 kg em Londres 2012), Souza já participou de competições oficiais e já está classificado para o Brasileiro, em outubro, também em São Paulo.

“O MMA eu iniciei agora, na academia Top Life, que me dá todo o apoio. Quero seguir nessa modalidade, e sei que tenho chances de sucesso, até porque tenho as técnicas do boxe e do kung fu para dar um diferencial”, ressalta.

Enquanto os dias de glória no octógono ainda não chegam, Souza se prepara com afinco para tentar o tri no Campeonato Brasileiro de Kung Fu, que tem início neste sábado (25). “Estou treinando pela parte da manhã e à noite, com a ajuda do meu pai (o treinador Raimundo Nonato). À tarde, continuo indo à escola”, encerra.