Publicidade
Esportes
Craque

Ricardo Teixeira pede licença da presidência da CBF alegando problemas médicos

A CBF tem um vice presidente em cada região do Brasil. Teixeira optou por escolher o de São Paulo, por ser o mais velho 08/03/2012 às 17:19
Show 1
Ricardo Teixeira deixa a CBF por sessenta dias
UOL São Paulo

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, pediu licença do cargo nesta quinta-feira, alegando problemas médicos. A licença será de, no máximo de 60 dias, prazo estabelecido pelo estatuto da entidade. Em seu lugar assume José Maria Marin, vice escolhido por ele em e-mail enviado a presidentes de federações. 

A informação foi confirmada ao UOL Esporte por Francisco Noveletto, presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Por telefone, ele disse ter recebido um e-mail de Ricardo Teixeira com o anúncio, que já era esperado por eles. 

"Nós já havíamos pedido para ele que houvesse um rodízio, vamos ver se ele vai nos atender e deixar que cada vice ocupe o cargo por 12 dias", disse o cartola, um dos que mais protestaram contra a possibilidade de José Maria Marin assumir a entidade. 

Marin é o vice mais velho da CBF. Pelo estatuto, ele é que comandaria a entidade caso Ricardo Teixeira renunciasse. Só que Marin é muito ligado à Federação Paulista de Futebol, e os demais cartolas não queriam que o poder ficasse concentrado na mão dos paulistas.