Publicidade
Esportes
Craque

Rio Negro e Fast Clube ficam no empate sem gols no primeiro jogo da semifinal

As duas equipes não conseguiram fazer gol na primeira partida e, caso repitam o resultado a decisão será nos pênaltis. Iranduufão jogam na quarta-feira 28/04/2012 às 21:15
Show 1
Pai e filho, Ney Junior e Bianor perdem um gol para o Rio Negro
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Rio Negro e Fast Clube ficaram no empate de 0 a 0, na primeira partida da semifinal do segundo turno do Campeonato Amazonense 2012, na tarde deste sábado, no Estádio Roberto Simonsen, o SESI.

As duas equipes voltam a se enfrentar domingo, 06, no mesmo local e, caso haja outro empate, a partida será decidida em cobrança de pênaltis.

O jogo foi fraco tecnicamente, com as duas equipes criando pouco e marcando muito no meio campo. O técnico Iane, do Rio Negro, escalou Caio Paulista na vaga de Franco, que estava suspenso e ele ficaram com a incumbência de marcar o atacante Lacraia, melhor atacante Tricolor.

Caio deu conta do recado, mas sentiu uma contusão no final do jogo, dando lugar ao volante Douglas. Iane também teve de colocar em campo o atacante Netto na vaga de Edinho, machucado. Smith também deixou o campo sentindo contusão e deu lugar a Jansen.

No Fast, o técnico Paulo Morgado tentou mudar o time mas não conseguiu furar o bloqueio da zaga rionegrina. Joyner entrou no lugar de B A, enquanto que Emerson substituiu Souza.

Na próxima quarta-feira Iranduba e São Raimundo fazem a primeira partida também pela semifinal do segundo turno. Quem vencer enfrenta o vencedor de Rio Negro e Fast Clube.

Ficha Técnica

Fast Clube 0x0 Rio Negro

Local: Estádio Roberto Simonsen, Sesi, - Manaus/AM

Público Pagante: 593

Renda: R$ 4.430,00

Árbitro: Djalma Silva de Souza

Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Anne Kesy Gomes

Fast Clube: Preto; Catatau, João Gomes, Fábio Gomes e Alberto; Edson, Souza (Emerson), Michell ; Lacraia e Dinamite e B.A. (Joyner). Técnico: Paulo Morgado.

Rio Negro: Adriano; Caio Paulista (Douglas Souza), Ney Junior., Bianor Neto e James; Pastor, Edinho Canutama (Neto), Paca e Maranhão; Smith (Jansen) e Delciney. Técnico: Iane Geber Jamel.