Publicidade
Esportes
Craque

Rio Negro e Fast Clube na briga para acabar com jejum de títulos no Amazonense

As duas equipes começam a decidir uma vaga na final do Segundo Turno na tarde deste sábado, no Estádio Roberto Simonsen, o SESI, às 15 horas 27/04/2012 às 15:13
Show 1
Bianor Neto (branco) tenta segurar o atacante Joyner, do Fast
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Rio Negro e Fast Clube iniciam neste sábado um duelo para chegar às finais do Amazonense 2012. As duas equipes somaram 16 pontos no Segundo Turno, mas o Fast acabou uma posição à frente devido ao saldo de gols.

Rio Negro e Fast estão na fila aguardando por uma conquista de títulos, mas a agonia do Fast vem de muito mais tempo. O último título foi em 1971, sendo quarenta e um anos na fila de espera.

O torcedor do Rio Negro tem sofrido menos, pois, a última conquista foi em 2001, em cima do rival Nacional. Menos tempo na fila, mas nesse período o Galo amargou dois rebaixamentos seguidos.

Para vencer o Fast o  Rio Negro não poderá contar com o lateral direito franco, titular em todas as partidas do clube no Amazonense. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo com o Operário, quando o Galo Venceu por 3 a 1 e garantiu vaga nas semifinais do Segundo Turno.

O técnico Iane Geber ainda não definiu quem vai ser o substituto, mas tudo indica que ele vai improvisar um volante na posição, pois não tem um lateral substituto.

Pelo menos três jogadores estão na lista para brigar pela posição: Caio Paulista, Vinícius Carioca e Douglas.

Mesmo sem o lateral titular, o Galo terá um time diferente do que perdeu por 4 a 2, na partida válida pelo Segundo Turno. Naquele jogo, Edinho, Ney Junior e Delciney não atuaram.

No Fast Clube, o técnico Paulo Morgado terá o time completo. O treinador tem até o luxo de escolher uma dupla de ataque entre  B A, Lacraia, Joyner e Nando, mas está mais para os dois primeiros.

Morgado poupou o time titular contra o Iranduba quando perdeu por 2 a 0, mas, mesmo tendo vencido o Galo por 4 a 2, na fase de classificação do Segundo Turno, o treinador prega respeito ao time do Galo.

“As últimas partidas do Fast, antes da classificação, foram bem complicadas, tivemos muita dificuldades para vencer e acredito que o jogo do sábado também não será fácil, o Rio Negro é um adversário forte e com certeza nos dará muito trabalho”, comentou o treinador que destacou Pastor e Ney Júnior como os atletas mais fortes do Galo.

Para Morgado a semifinal contra o Galo deve ser bastante equilibrada, pois o Rio Negro foi um time que cresceu bastante ao longo da competição.

“Todos os titulares do Fast devem enfrentar o Rio Negro, inclusive os que estavam lesionados, Catatau, Lacraia e Alberto que já estão 100% recuperados”, disse o comandante.

Para Júnior Lacraia este jogo contra o time da “Barriga Preta” será totalmente diferente  dos outros confrontos entre as duas equipes.

“Estamos conscientes que será uma partida bem diferente, afinal o Rio Negro também estará completo e o fato deles terem conseguido se livrar do rebaixamento deu um gás a mais ao grupo, mas nós estamos focados e com certeza vamos conseguir inserir o nosso ritmo no jogo”, completou Lacraia.

O jogo com o Fast está marcado para as 15 horas, com transmissão da TV Acrítica. O jogo da volta será no domingo, dia 06, no Estádio do SESI.

FICHA TÉCNICA

RIO NEGRO X FAST CLUBE

Semifinal do Segundo Turno do Campeonato Amazonense 2012

Local: Estádio Roberto Simonsen (SESI)

Horário: 15 horas

Ao vivo pela TV Acrítica

Árbitro: Djalma Silva de Souza

Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Anne Kezy Gomes de Sá

Rio Negro: Adriano; Douglas, Ney Junior, Bianor Neto e James; Pastor, Paca, Smith e Delciney; Edinho e Maranhão. Técnico: Iane Geber.

Fast Clube: Nailson; Catatau, João Gomes, Fábio Gomes e Alberto; Emerson, Edson, Dinamite e Michel; Lacraia e B A. Técnico: Paulo Morgado.