Publicidade
Esportes
Craque

Rio Negro peca na finalização e perde mais uma no Amazonense

Galo caiu por 1 a 0 para o Manaus F.C. Equipe da Praça da Saudade perdeu inúmeras oportunidades e acabou punido no segundo tempo 29/04/2015 às 23:32
Show 1
Equipe do Manaus aproveitou as poucas oportunidades e venceu o Rio Negro
Acritica.com Manaus (AM)

O Rio Negro perdeu mais uma grande oportunidade para somar os três pontos, dessa vez contra o Manaus F.C, na noite desta quarta-feira (29), no estádio Carlos Zamith.

Com inúmeras falhas de finalização, o Galo não conseguiu marcar e permitiu que o Gavião, em uma das poucas oportunidades, marcasse o gol da vitória no segundo tempo.

O resultado deixa o time Barriga-Preta, com sete pontos, ainda na nona colocação. O Manaus permanece na sexta colocação com 15 pontos.

Galo forte
O Manaus começou tendo mais vontade e aos três minutos, em cobrança de falta, Diogo Capela mandou por cima do gol do gol. O Gavião investia no passe para chegar à área, mas esbarrava na defesa rival.

O Galo resolveu partir pra cima do Manaus aos 14, com um chute de fora da área de Iton que assustou o goleiro. Dois minutos depois Iton cruzou para Tiago Amazonense, dentro da área, ser atrapalhado pelo zagueiro ao chutar pro gol. As duas investidas animaram o Rio Negro, que por pouco não abriu o placar em cobrança de escanteio de Ronan, que Rondinelli raspou de cabeça pra defesa do goleiro.

Aos 27, o Manaus acordou e Thiago Mariano entrou na área do Galo e ao chutar foi atrapalhado pelo zagueiro. O Galo ainda teve mais três chances de marcar uma com Ronan de falta, obrigando Carlos Luna a fazer uma grande defesa, e duas com Nailson que não conseguiumandar para as redes.

Manaus aguerrido
O Rio Negro voltou disposto e teve boas oportunidades para marcar, mas a equipe da Praça da Saudade mais uma vez viu os seus atacantes finalizarem mal. Uma aos seis minutos, Nailson partiu em velocidade e de fora da área Luna fez uma boa defesa. No minuto seguinte, Iton cruzou rasteiro e o atacante mandou em cima do goleiro.

A terceira oportunidade de Nailson foi aos 12. Ronan cruzou pela esquerda, e o atacante  na pequena área, com o gol aberto, mandou por cima do travessão.

O técnico Garanha colocou Célio e Everson. As duas mexidas deram mais qualidade. E no lançamento de Célio  Jerson recebeu na grande área e num chute cruzado balançou as redes, 1 a 0, aos 21. O Galo ainda teve uma oportunidade, aos 39, com Iton. O meia mandou um foguete no travessão do goleiro. Ronan e o zagueiro do Manaus, Tubarão, foram expulsos por discussão. Nos acréscimos o goleiro rionegrino também foi expulso ao intervir um contra-ataque do Manaus, no meio de campo. O zagueiro Rondinelli foi para o gol e o árbitro encerrou a partida sem que o zagueiro defendesse uma bola.