Publicidade
Esportes
Craque

Romário disse que CBF recebeu propina dos Estados-sede

"Foi assim que aconteceu, quem paga mais leva. Os estados que mais pagaram propinas ao ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, ficaram com a sede", disse o deputado do PSB-RJ 11/12/2012 às 16:24
Show 1
Romário
acritica.com Manaus

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol faltou à audiência pública que debateu sobre a situação dos estados que não participarão diretamente da Copa de 2014, nesta terça-feira (11). A ausência do cartola e de um representante foram motivos mais que suficientes para que o deputado Romário (PSB-RJ) fizesse várias acusações a CBF. "É uma instituição de corruptos e cheia de ladrões", disse o ex-jogador, referindo-se a confederação.

"A ausência do presidente da CBF desta audiência pública, até sem mandar representante, é bem a cara da CBF. Eu também fui enganado por esse presidente (José Maria Marin), e a situação é tão grave que na rua já me falam que sentem saudades do presidente anterior (Ricardo Teixeira)", comentou Romário.

O deputado do PSB-RJ afirmou que a CBF recebeu propina dos Estados-sede da Copa de 2014.

"Foi assim que aconteceu, quem paga mais leva. Os estados que mais pagaram propinas ao ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, ficaram com a sede".

O autor da audiência pública, deputado Francisco Escórcio (PMDB-MA), também criticou a ausência de Maria Marin. 

"Lamento a ausência da CBF, que poderia ter enviado um representante. Por isso, estou pensando em apoiar a iniciativa do deputado Romário para instalar uma CPI na Câmara dos Deputados, pois esta casa merece respeito", disse Francisco Escórcio.

Andrew Jennings, autor do livro Jogo Sujo, que fala sobre os bastidores e corrupção na Fifa, que visitou a Comissão de Turismo e Desporto também concordou com Escórcio.