Publicidade
Esportes
Craque

Ronaldinho entra na Justiça, cobra R$ 40 mi e não é mais jogador do Flamengo

O Flamengo pode recorrer da decisão, mas já não há ligação entre clube e jogador, de acordo com a advogada. Em contato com o UOL Esporte, 31/05/2012 às 13:56
Show 1
Ronaldinho não participou do coletivo, e treino em separado da equipe
Uol São Paulo (SP)

A relação entre Flamengo e Ronaldinho Gaúcho terminou nesta quinta-feira. Por meio da advogada Gislaine Nunes, o estafe do craque ingressou com ação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), do Rio de Janeiro, e já tem liminar que confirma a sua saída do clube. O jogador cobra pouco mais de R$ 40 milhões. Gislaine está à caminho da CBF (Confederação

O Flamengo pode recorrer da decisão, mas já não há ligação entre clube e jogador, de acordo com a advogada. Em contato com o UOL Esporte, Gislaine revelou quando a decisão de Ronaldinho Gaúcho foi comunicada a ela. “Eles me ligaram ontem [quarta-feira] à noite”, afirmou. A advogada vê relação com as faltas do craque ao treino de quarta-feira e à viagem disputa de amistoso no Piauí.

“Já estavam imaginando. Em razão desta ação, isso pode ter sido definido. O Ronaldinho também passa por momento difícil, com a mãe no hospital. Mas ela já está melhor", explicou a advogada.

Ronaldinho não participava dos treinos do Flamengo desde segunda-feira. Neste dia e no seguinte, o jogador recebeu aval da diretoria para ficar no Rio Grande do Sul e fazer companhia à sua mãe. Dona Miguelina está internada em hospital de Porto Alegre e se recupera de uma cirurgia para retirada de um tumor. O ambiente no clube ficou ruim a partir de quarta, quando o atleta pegou a diretoria de surpresa após faltar a treino pela manhã e à viagem do time rumo ao Piauí em seguida, sem dar satisfações aos cartolas.

Na madrugada desta quinta-feira, o vice presidente de futebol do Flamengo, Paulo Cesar Coutinho, colocou mais fogo na polêmica ao revelar a torcedores que R10 estava “afastado” do elenco. O vídeo com as declarações do dirigente foi gravado e colocado na Internet. Homem forte do futebol rubro-negro, Zinho tentou amenizar o clima ruim, desmentiu tal decisão e afirmou que a decisão sobre o futuro do R10 no clube só seria tomada após uma reunião nesta sexta-feira.