Publicidade
Esportes
Craque

Ronaldo Sperry quebra cabeça para escalar o Penarol contra o Náutico (RR)

O Penarol viaja na tarde deste sábado para Boa Vista (RR) onde enfrenta o Náutico (RR). O time tem três pontos, enquanto que o Náutico ainda não pontuou. 12/07/2012 às 19:19
Show 1
Ronaldo Sperry continua como técnico interino
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

O técnico do Penarol, Ronaldo Sperry, está vivendo um verdadeiro dilema para escalar o Penarol. Com o zagueiro Dias suspenso, e Zacarias, machucado,  a escalação da zaga fica para a última hora. Isso porque Márcio Abraão ainda não foi regularizado e o treinador terá de aguardar até as 18 horas desta sexta-feira, para saber se o nome do zagueiro sairá no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF.

Mas os problemas não param por ai. No meio campo, o volante Rondinelle também não joga porque recebeu o terceiro cartão amarelo. Além disso, o volante Paulo Roberto pediu rescisão de contrato. Com isso, o treinador terá de improvisar Igor como segundo volante, com He Man jogando pelo lado esquerdo.

Para completar a relação de problemas na cabeça do treinador, o meia Édson Sá, que foi expulso no jogo de estreia da Série D do Campeonato Brasileiro, na derrota por 3 a 1 para o Atlético (AC), estará no banco dos réus nesta sexta-feira, em sessão a partir das 13h30. O meia do Penarol será julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela Quarta Comissão Disciplinar por “assumir atitude contrária à disciplina”.

Segundo relatado em súmula, Édson Sá, foi expulso aos 34 minutos do primeiro tempo de jogo por reclamar da decisão da arbitragem, jogando a bola no chão em sinal de protesto.

Pelo ato, Édson Sá foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”, que prevê suspensão de uma a seis partidas. Como o meia já cumpriu a automática diante do Vilhena (RO), a punição máxima ficará em no máximo mais cinco partidas de gancho.

De acordo com o jurista Antonio Policarpo Rios Roberto, pelo fato de Edson Sá ser réu primário, a pena poderá ser mínima.

“Nesses caso, desde que haja defesa o jogador pode até ser absolvido ou pegar apenas uma advertência. Mas isso se ele tiver uma defesa”, disse Policarpo.

O Penarol viaja na tarde deste sábado para Boa Vista (RR) onde enfrenta o Náutico (RR). O time tem três pontos, enquanto que o Náutico ainda não pontuou.