Publicidade
Esportes
Craque

Roth: Temos que seguir o trabalho e estancar essa situação de derrotas

Técnico está ameaçado de demissão, mas continua no cargo. Treinador quer se reabilitar na próxima partida para acabar com sequência de derrotas 13/09/2012 às 16:06
Show 1
Celso Roth, técnico do Cruzeiro
Acritica.com Manaus (AM)

O técnico Celso Roth, em entrevista coletiva após a derrota para o Figueirense-SC, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, analisou a atuação do Cruzeiro.

O treinador lamentou as oportunidades desperdiçadas pela Raposa, que acabou sendo castigada com a derrota em solo catarinense.

“É verdade. Hoje tivemos um primeiro tempo horroroso. No segundo tempo melhoramos, mas já estava 1 a 0. E, de novo, com um erro coletivo. A gente busca, muda esquema tático, muda os jogadores, busca a regularidade para sair de duas derrotas que sofremos e erramos, levamos o primeiro gol, tivemos oportunidade de empatar e não conseguimos fazer. Mas o importante é dizer que no segundo tempo nós tivemos uma reação. Lutamos, mas não conseguimos. Sabíamos que o jogo aqui era difícil e depois, com um a menos (Léo foi expulso), é mais complicado ainda. Então, perdemos o jogo e agora temos que continuar a trabalhar”, disse.

Para Roth, a pressão no Cruzeiro é normal, e a receita é continuar trabalhando para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro.

“Não tenho dúvida na continuidade do trabalho. Acho que temos que continuar o trabalho, saber que erramos e que precisamos estancar essa situação de derrotas. Temos que continuar o trabalho para que possamos ter o número de pontos que corresponda à grandeza do Cruzeiro. Nós temos que seguir o caminho do trabalho, errar menos e, no momento que tem a oportunidade, concluir. Nós tivemos duas oportunidades, com o Montillo no primeiro tempo, e no segundo tempo com o Souza”.