Publicidade
Esportes
Craque

Santos agenda reunião com DIS por futuro de Ganso

Delcyr Sonda, dono da empresa, deve apresentar contraproposta para comprar os 45% dos direitos que pertencem ao Santos 20/07/2012 às 19:50
Show 1
Paulo Henrique Ganso (e), do Santos
Lancepress! Santos (SP)

O Santos e a DIS, empresa detentora de parte dos direitos econômicos de Paulo Henrique Ganso, têm encontro marcado para a semana que vem a fim de decidir o futuro do meia. Na reunião, o grupo deve apresentar uma contraproposta para comprar o jogador em definitivo e resolver a questão antes do término da Olimpíada de Londres.

As partes tentam um acordo para a saída do atleta, pois é consenso que a situação no Peixe ficou insustentável após as últimas tentativas de reformulação de contrato.

Delcyr Sonda, dono da DIS, quer vê-lo no Internacional, seu clube do coração, e deve elevar a oferta feita há duas semanas, quando a rusga entre Ganso e o Santos explodiu.

Na ocasião, o empresário disse que compraria a parte que pertence ao clube e que Ganso não atuaria mais no Peixe. Ele então ofereceu uma proposta, mas o Santos considerou os valores muito aquém do esperado e pediu outra oferta.

O Alvinegro possui 45% dos direitos econômicos de Ganso e o restante é da DIS. A multa rescisória para clubes do Brasil é de cerca de R$ 60 milhões, mas o Santos aceita negociar sua parte (cerca de R$ 26 milhões) por menos. Para clubes do exterior, a multa é de R$ 125 milhões.

O contrato de Ganso vai até 2015 e desde 2010 as partes brigam para renovar. O último imbróglio se deu com o meia pedindo R$ 1 milhão de salários e o Santos o reprovando.