Publicidade
Esportes
Craque

Santos, SP e Inter viram referências de Mano para montagem de seleção para Olimpíada

Os três clubes respondem pela maioria dos atuais convocados, número que pode aumentar com o retorno de Paulo Henrique Ganso, que se recupera de lesão 01/06/2012 às 10:27
Show 1
Brasileiros comemoram o primeiro gol do Brasil contra os Estados Unidos
Uol/ Esporte ---

Santos, São Paulo e Internacional norteiam o técnico Mano Menezes na escolha dos 18 jogadores que defenderão a seleção na Olimpíada de Londres. Os três clubes respondem pela maioria dos atuais convocados, número que pode aumentar com o retorno de Paulo Henrique Ganso, que se recupera de lesão.

O time titular de Mano até pouco tempo seria uma mistura de colorados e santistas. Rafael, Neymar, Oscar e Damião foram titulares na goleada da seleção contra os EUA, 4 a 1, no FedEx Field, em Washington.  Todos eles têm vagas asseguradas para os Jogos Olímpicos de Londres. Galhardo, do Santos, está na pré-lista, mas se lesionou e saiu dos planos de Mano.

O auxílio de Santos e Inter só não foi maior porque Danilo e Alexsandro não figuram mais no time paulista, o mesmo ocorrendo com o ex-colorado Juan, agora na Inter de Milão, além dos meio-campistas Sandro e Giuliano.

Mano informa que tem evitado novos chamados de atletas do Santos para evitar atrito com a diretoria alvinegra. O técnico da seleção conta que não convoca o volante Arouca porque costuma relacionar Ganso, Neymar e Rafael.

“Para que não haja perda aos clubes que cedem os jogadores à seleção, procuramos estabelecer algumas medidas. Já temos chamado outros jogadores do Santos por merecimento. Só que ficaria muito com o Arouca e naturalmente houve um entendimento de que não seria chamado”, destaca Mano.

A convocação por atacado de atletas do Santos, Inter e São Paulo deve trazer prejuízo aos times no Brasileirão. A chegada da seleção a final da Olimpíada pode representar a perda dos atletas por até cinco jogos.