Publicidade
Esportes
Craque

São Paulo arranca empate na Argentina na primeira partida da decisão contra Tigre

Com menos de 15 minutos o atacante Luis Fabiano foi expulso juntamente com o zagueiro Donatti, do time argentino. As duas equipes voltam a jogar na próxima semana no Morumbi 05/12/2012 às 20:19
Show 1
Lucas, jogador do São Paulo
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Foi uma verdadeira batalha. O Tigre chegou forte, muitas vezes sem a bola, mas o árbitro fez vista grossa para tudo isso. No começo da partida, ele expulsou Luis Fabiano e Donatti. O São Paulo foi bem no primeiro tempo, o time argentino no segundo. Resultado? Empate sem gols.

Com o placar na Bombonera, na noite desta quarta-feira, a decisão da Sul-Americana está aberta e será definida no Morumbi, no próximo dia 12 de dezembro. Estádio que certamente estará lotado, com a torcida apoiando o São Paulo do início ao fim, para vencer essa batalha histórica entre Brasil e Argentina.

Sem referência na área, o Tricolor mudou a maneira de jogar. Tentou atacar uma equipe disposta a cometer duras faltas. O São Paulo precisou se segurar e ter muito sangue frio para não ter mais cartões vermelhos. Após 90 minutos, a sensação de uma verdadeira guerra. Mas, para o bem dos são-paulinos, tem a volta no Morumbi.

FABULOSO É EXPULSO

Mesmo fora de casa, o São Paulo começou a partida com mais posse de bola e chegou ao ataque primeiro. Antes mesmo dos dez primeiros minutos, a equipe brasileiro criou duas oportunidades com Lucas e Luis Fabiano. Mas, Fabuloso teria apenas essa chance na partida.

Aos 13 minutos da etapa inicial, o camisa 9 se envolveu em uma confusão no campo de ataque e foi expulso. O árbitro também expulsou um jogador do Tigre no lance. Sem a referência na área, o Tricolor não conseguiu furar o bloqueio do rival, que só se defendeu nos 45 minutos iniciais.

Seguro na defesa, o São Paulo tocou mais a bola e buscou o momento certo para invadir a área argentina. O meia Jadson foi o grande armador da equipe no primeiro tempo. Destaque também para Denilson, que defendeu com segurança e chegou bem ao ataque são-paulino.

BOMBONERA SEM GOLS

O Tigre voltou melhor para o segundo tempo. Para tentar segurar a bola mais no ataque, o técnico Ney Franco fez a primeira mudança. Colocou Cícero no lugar de Jadson. Apoiado pela torcida, o time argentino passou a ter mais posse de bola e assustar o goleiro Rogério Ceni.

Aos 39 minutos, Osvaldo escapou bem pela esquerda após passe de Lucas e chegou com perigo. O São Paulo suportou a pressão argentina e toda sua catimba. Trouxe um empate para o Morumbi. No jogo da volta, a torcida fará a diferença para o Tricolor, que buscará um título após quatro anos. Certamente todos darão a vida para isso acontecer.

REAPRESENTAÇÃO

A delegação tricolor voltará para o Brasil nesta quinta-feira. A reapresentação está marcada para a próxima sexta-feira, às 9h, no CT da Barra Funda. O técnico Ney Franco terá uma semana para preparar o time para a grande decisão, dia 12 de dezembro, no Estádio do Morumbi.