Publicidade
Esportes
Craque

São Paulo e Tigre-ARG fazem 1º jogo da final da Sul-Americana nesta quarta-feira

Gol fora na final não tem peso dobrado, mas Ney Franco mais uma vez quer time atacando 05/12/2012 às 12:58
Show 1
Lucas, atacante do São Paulo
Juca Pacheco/ Oficial SP ---

Foi pelos gols marcados fora de casa que o São Paulo se classificou para a final da Copa Sul-Americana. O empate com a Universidade Católica por 1 a 1 em Santiago, seguido do 0 a 0 no Morumbi, levou o time à decisão continental.

Gols fora de casa que também classificaram o time para as oitavas-de-final após dois empates com a LDU de Loja - 1 a 1 no Equador e 0 a 0 no Morumbi. Aliás, o São Paulo marcou gol em todos os jogos como visitante nesta Sul-Americana.

Diante do Tigre, na Bombonera, a estratégia será a mesma e o São Paulo vai ao ataque, mas o regulamento é outro. Na última fase do torneio, gols fora de casa tem o mesmo peso dos gols marcados como mandante. Ou seja, se empatar duas vezes, independente dos placares, o jogo final vai pra prorrogação.

O técnico Ney Franco, contudo, garante que vai buscar a vitória no primeiro jogo da final. "Temos uma forma de jogar que privilegia o ataque e vamos manter isso. Precisamos levar um bom resultado pra São Paulo e mesmo que o gol fora não tenha peso maior, precisamos fazer gol pra vencer o jogo"