Publicidade
Esportes
Craque

São Paulo goleia Botafogo na estreia do Paulistão 2012

Sem contar com o meia Jadson, Tricolor venceu por 4 a 0 o fraco Botafogo. Time ainda tenta definir a contratação do atacante Nilmar nesta semana 22/01/2012 às 16:55
Show 1
Edson Silva disputa bola para fazer o terceiro gol do Tricolor
Lancenet! São Paulo (SP)

O São Paulo iniciou 2012 sem dó de ninguém. Nem mesmo de seus semelhantes. Atuando no Morumbi neste domingo, goleou o Botafogo-SP na estreia do Paulistão por 4 a 0, com gols de Rhodolfo, Cícero, Edson Silva e ainda com um gol contra do goleiro Márcio, revelado pelo Tricolor paulista.
O resultado deixa o São Paulo na liderança do Paulistão, ainda à espera dos jogos das 19h30, entre Grêmio Catanduvense x Mogi Mirim e São Caetano x Ponte Preta.
O PRIMEIRO TEMPO
O torcedor que esteve no estádio neste domingo pode ter ficado, por alguns minutos, confuso sobre quem era o São Paulo e quem era o Botafogo-SP. Porém, em pouco tempo, ficou nítido que o time todo de branco era o dono da casa e o de vermelho, branco e preto era o de Ribeirão Preto.
Isso porque o primeiro tempo foi um massacre do São Paulo. Bem postado em campo, o time apresentou várias formas de ataque, tanto com saídas pelo meio como pelas laterais. Ao todo, o Sampa teve oito chances claras de gol. Enquanto isso, o Botafogo se retraía e tentava sair em contra-ataques, mas sem qualquer organização tática.
Antes dos 20 minutos, Cícero e Denílson perderam ótimas oportunidades em cabeçadas. Depois, Fernandinho viu o goleiro Márcio fazer duas grandes defesas chutes de perigo e Luis Fabiano ainda cabeceou com veneno no pé da trave direita do Botinha.
Após muito pressionar, o primeiro gol saiu aos 36 minutos. Lucas bateu escanteio e o zagueiro Rhodolfo subiu livre para cabecear para o gol. O Tricolor ampliou seis minutos depois. Em contra-ataque armado por Cícero, Fernandinho cruzou na medida para o meia, que subiu com estilo para cabecear para o gol. 2 a 0 no primeiro tempo. E foi pouco.
O SEGUNDO TEMPO
O Sampa voltou do vestiário com a mesma velocidade e vontade do primeiro tempo. Tanto que, aos 11 minutos, o zagueiro estreante Edson Silva se aproveitou de um rebote após cobrança de escanteio para ampliar, de pé esquerdo.
Após fazer 3 a 0, o time tirou o pé do acelerador, mas nem por isso o Tricolor do interior passou a assustar o goleiro Denis, que substituiu o machucado Rogério Ceni. Luis Fabiano foi o capitão da equipe.
O placar ficaria ainda mais elástico aos 29 minutos, em lance inusitado. Em outro escanteio, Fabuloso cabeceou, Márcio espalmou e, ao tentar afastar a bola com o pé, acertou o lateral-direito Thiago Ulisses. O árbitro anotou gol contra do goleiro, que foi revelado pelo próprio São Paulo.
Na próxima rodada, na quarta-feira, o São Paulo visita o Oeste, às 19h30, no estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, e o Botafogo recebe o XV de Piracicaba, às 17h, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.
FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 4 X 0 BOTAFOGO-SP
Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 21/1/2012 - 17h
Árbitro: Robério Pereira Pires
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Renda/público: R$ 406.940,00/ 15.586 pagantes
Cartões amarelos: Denílson (SAO); Gustavo Bastos e Thiago Uliesses (BOT)
GOLS: Rhodolfo, aos 36'/1ºT (1-0); Cícero, aos 42'/1ºT (2-0); Edson Silva, aos 11'/2ºT (3-0) e Márcio (contra), aos 29'/2ºT (4-0)
SÃO PAULO: Denis, Piris, Edson Silva, Rhodolfo e Cortês; Wellington, Denilson (Maicon, aos 20'/2ºT), Cícero (Rafinha, aos 32'/2ºT) e Lucas; Fernandinho (Casemiro, aos 20'/2ºT) e Luis Fabiano. Técnico: Emerson Leão.
BOTAFOGO: Márcio, Gustavo Bastos, Cris e Daniel Host (Vinícius, intervalo); Thiago Ulisses, Gil Baiano, Alex, Emerson e Paulo Júnior; Tales Cunha (Vitor Flora, aos 24'/2ºT) e Luiz Ricardo (Taubaté, intervalo). Técnico: Lori Sandri.