Publicidade
Esportes
Craque

São Paulo oferece contrato de cinco anos a Nilmar

Em reunião, clube banca vínculo longo e salário semelhante ao do Villarreal: R$ 5 mi por ano. Jornal espanhol diz que acordo entre clubes está fechado 25/01/2012 às 16:33
Show 1
Nilmar está no Villarreal, que não vive boa fase no Campeonato Espanhol
Lancenet! São Paulo (SP)

Na reunião da última terça-feira, que durou cerca de seis horas, o São Paulo ofereceu ao empresário Orlando da Hora um contrato de cinco anos a Nilmar. A relação entre as partes, que era estremecida, não prejudicou o encontro e o agente ficou de estudar a proposta.

Nem os dirigentes tricolores nem Da Hora atenderam às ligações do LANCENET!, mas a reportagem apurou que o salário é praticamente o mesmo que o jogador recebe no Villarreal: cerca de R$ 5 milhões por ano, o que resultaria numa soma, caso o vínculo fosse cumprido até o fim, de R$ 25 milhões para o jogador.

A família de Nilmar aprova o acerto, mas gostaria de continuar na Europa. Orlando da Hora disse ter possibilidades para o jogador no Velho Continente. Por outro lado, o longo contrato oferecido pelo clube do Morumbi pesa a favor. É uma garantia importante. No Villarreal, o atacante está há dois meses sem receber salário e o terceiro foi pago com um cheque pré-datado para evitar que houvesse meios legais do jogador entrar na Justiça.

A possibilidade de voltar à Seleção Brasileira graças à visibilidade do futebol nacional é outro ponto a favor do São Paulo na tentativa de ter Nilmar.

Segundo a imprensa espanhola, o acordo financeiro entre os clubes também foi sanado: 10 milhões de euros, a serem pagos em três parcelas. O "Mediterráneo" diz que os valores poderiam chegar a 12 milhões, dependendo de objetivos alcançados por Nilmar no Tricolor. E que o Villarreal pede ao jogador para que aceite e, assim, ajude o clube a aliviar sua grave crise financeira.

De acordo com o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes, a equipe paulista vai captar recursos por meio do "crowdfunding", sistema de colaboração de pessoas com a mesma meta. Entretanto, nas palavras dele, não estava definido se isso seria feito por meio de investidores (em que há retorno financeiro) ou fundo perdido. Mesmo assim, a negociação entre o MOP (Meu Próprio Jogador, em português), grupo que iniciou as tratativas, Villarreal e São Paulo já está adiantada.

A diretoria espera agora que Orlando da Hora dê uma resposta breve para tentar avançar ainda mais na contratação do sonhado camisa 11.