Publicidade
Esportes
Craque

Satisfeito: técnico dominicano diz que 6 a 0 em amistoso deixa legado para equipe caribenha

Roberto Díaz acredita que derrota vai deixar ensinamento para a seleção da República Dominicana que contou com atletas abaixo de 23 anos de idade e até com jogador Sub-15 10/10/2015 às 00:03
Show 1
Roberto Díaz acredita que goleada vai deixar um legado para os dominicanos
Anderson Silva Manaus (AM)

A goleada sofrida para o Brasil dentro da Arena da Amazônia, na noite desta sexta-feira (9), não abalou o técnico da República Dominicana, Roberto Díaz Bernabé e principalmente os jogadores, que na zona mista do estádio exibiam com orgulho a camisa de número 4 da Seleção Brasileira - usado pelo zagueiro Rodrigo Ely -, além de registrarem várias selfies no painel de patrocinadores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Conformado com a disparidade, em relação à qualidade das equipes, Roberto saiu confiante quanto aos 6 a 0. Para o treinador, o placar representa um ensinamento para a equipe Caribenha.

“O legado vai ser o máximo. A seleção está crescendo e estamos com um projeto para levantar a seleção. Nosso esporte principal não é o futebol é o beisebol, e estamos fazendo um trabalho desde a base Sub-15. E isso (o jogo contra a Seleção) foi o máximo que estamos fazendo com os melhores do futebol do mundo como é o Brasil”, disse o treinador, que acompanhado do assessor da Seleção da Republica Dominicana agradeceram pela receptividade.

“Só temos a agradecer a CBF (Confederação Brasileira de Futebol)e a cidade de Manaus pelo tratamento muito bom que recebemos”.


Roberto também citou que o calor – bastante comentado pelas equipes de fora do Amazonas - não foi sentido pela equipe que já está acostuma com o clima equatorial

“A temperatura não prejudicou. É a mesma do Caribe. Já estamos acostumados, só a humidade é mais baixa. Mas não sentimos o clima, mas sim o trato da bola: o jogo”, garantiu o treinador.