Publicidade
Esportes
Craque

Seedorf é apresentado, agradece carinho e diz: 'Botafogo deve sonhar com o título'

O presidente Maurício Assumpção entregou uma camisa com o número 10 ao holandês, que a vestiu em seguida 09/07/2012 às 12:41
Show 1
Seedorf faz embaixadas para a torcida no campo do Engenhão, durante sua apresentação
Uol/ Esporte ---

A primeira coletiva de Seedorf como jogador do Botafogo ocorreu no Palácio da Cidade, onde foi recebido pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. O presidente Maurício Assumpção entregou uma camisa com o número 10 ao holandês, que a vestiu em seguida. As primeiras palavras foram de agradecimento ao carinho recebido dede sua chegada. Depois, o apoiador deixou claro que veio ao Brasil com o objetivo de ser campeão e disse que o Gloriso deve sonhar com o título do Brasileirão.

“Meus primeiros momentos no Rio foram emocionantes. É um orgulho jogar aqui, os melhores estão e saíram daqui dessa cidade. É um motivo de orgulho estar atuando aqui. Toda essa festa vai acabar amanhã (risos), quando vamos começar o trabalho normal. Quero estar em forma física e técnica o mais rápido possível para ajudar esses torcedores maravilhosos que o Botafogo tem. Mas antes, quero agradecer todo o carinho que estou recebendo há um ano, desde que o interesse surgiu”, disse. 

“O mínimo que posso fazer é trabalhar seriamente e procurar jogar em um nível alto. O Botafogo deve sonhar com o titulo do Brasileiro. Penso sempre nisso. Com esses sonhos é que conseguimos. Todos podem ganhar. O caminho é longo e estou aqui para ajudar. Estou a disposição do treinador para somar à equipe”, afirmou.

A diretoria convidou para a cerimônia o ex-jogador Amarildo, que também utilizou a camisa 10 do Milan. “Desejo toda a glória ao Seedorf para seu futuro no Botafogo. Ele é um exemplo como jogador, dentro e fora de campo. Essa contratação foi na mosca. Desejo todas as glórias obtidas em outros clubes agora no Botafogo”, desejou.

O holandês explicou o porquê de ter escolhido defender o Botafogo até 2014. O meia elogiou o projeto do Glorioso e tem como meta chegar à Libertadores. “Se tivesse que vir para o Brasil, o Botafogo era uma opção séria. Foi o que disse no primeiro encontro. Tinha que ter um projeto onde poderia contribuir não só tecnicamente, mas no geral. Botafogo conseguiu cumprir isso. Tem um projeto ambicioso de voltar a ser conhecido mundialmente. Os últimos dez jogos o time não foi na Libertadores, mas estava crescendo e percebia uma melhora”, disse.

A expectativa é que Seedorf comece a treinar normalmente com o restante do grupo ainda nesta semana. O meia já vem mantendo a forma com alguns exercícios e corridas na praia. O jogador, no entanto, não preferiu não cravar uma data para sua estreia. “Ainda não sei. Vou começar a treinar e vamos lá (risos). Assim que tiver condições vou querer ajudar”, encerrou.