Publicidade
Esportes
Craque

Seleção Olímpica faz hoje último amistoso na capital do Amazonas contra a seleção haitiana

Equipe que vai lutar pelo inédito ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro se despede de Manaus contra os haitianos, às 18h na Arena da Amazônia 11/10/2015 às 21:47
Show 1
Seleção Brasileira fez seu último treino na Arena da Amazônia contra o Haiti
Anderson Silva Manaus (AM)

A Seleção Olímpica se despede de Manaus, na noite desta segunda-feira (12), na Arena da Amazônia com a promessa de bom jogo e muitos gols contra a seleção do Haiti, seguindo o exemplo do ocorrido na última sexta-feira quando a garotada goleou a República Dominicana por 6 a 0. O jogo contra os haitianos será às 18h.

Há pouco mais de seis dias na capital amazonense, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) escolheu a cidade que se tornou “a capital da seleção Sub-23” para impulsionar os jovens jogadores a conquistarem a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Com futuras e valiosas promessas do futebol brasileiro e mundial, jogadores como Lucas Silva, Fred, Valdívia, Gabriel Jesus e companhia estão fazendo o torcedor amazonense se animar quanto ao futuro da seleção principal, além da disputa das Olimpíadas.

Independentemente de um adversário sem muita tradição no futebol, como o Haiti, que terá uma média de 700 torcedores imigrantes que moram em Manaus, os jogadores buscam dar o melhor para conquistar uma vaga em 2016.


“Estou acostumado a jogar de titular, mas respeito meus companheiros. Eles jogaram muito bem, quem entrou jogou muito bem. Acho que o Micale (técnico interino da Seleção) está muito bem servido de atacante. Pretendo entrar nos jogos, independentemente do tempo, e mostrar meu futebol”, disse o atacante do Santos, Gabriel, o Gabigol, que entrou no segundo tempo da partida contra a República Dominicana e marcou um gol.

Quem também busca uma vaga na Rio-2016 é o atacante do Grêmio, Luan. O jogador também marcou no último jogo. “Acho que pra gente foi muito bom pelo que o professor Rogério vem pedido pra gente e eu fiquei muito satisfeito pelo que a equipe produziu e foi positivo independente do adversário. Temos que fazer o nosso e independente de adversários mais fortes ou mais fracos. A gente tem que manter o mesmo padrão de jogo”, afirmou.

Último treino na Arena


No último treino na Arena da Amazônia, no final da tarde de ontem, o técnico Rogério Micale fez o que não havia feito desde que a seleção pisou solo manauara: alterações.

No treino que durou mais de duas horas, Micale mexeu nas laterais e iniciou os treinamentos com Wendell, na esquerda e João Pedro, na direita.

O motivo da alteração antes da despedida de Manaus foi revelado por Micale. Em entrevista aos jornalistas, após o jogo contra a República Dominicana, o treinador disse que poderia mexer para testar alguns jogadores. Wendell acabou ficando de fora da partida contra a República Dominicana por causa de uma gastroenterite, assim como Douglas Santos.

João Pedro, que foi chamado por conta do corte do lateral Zeca, teve boa atuação na última partida e ainda deu assistência para o terceiro gol, marcado por Luan. Os goleiros Ederson e Uilson se revezaram na meta do time principal no treinamento em campo reduzido.

Time base

Micale trabalhou com os seguintes jogadores na equipe principal da Seleção Olímpica:  Ederson (Uilson); João Pedro, Rodrigo Ely, Dória e Wendell; Lucas Silva, Fred e Felipe Anderson; Kenedy, Luan e Gabriel Jesus.