Publicidade
Esportes
Craque

Sem David Luiz, Mano vê carência de zagueiros no elenco e recorre à estreante Juan

A escalação foi à solução encontrada por Mano depois de David Luiz ter se apresentado com um problema muscular sentido durante a final da Liga dos Campeões, na semana passada 25/05/2012 às 15:13
Show 1
Mano terá desfalques para a partida contra a Dinamarca
Uol/ Esporte ---

Se já era considerada uma partida tensa por conta da pressão por resultados vinda do comando da CBF, o amistoso de sábado contra a Dinamarca ganhou contornos mais dramáticos por causa dos desfalques que obrigarão o técnico Mano Menezes a usar uma zaga inédita e improvisada na Imtec Arena. Thiago Silva, do Milan, que não joga há quase dois meses depois de uma lesão na coxa, terá a seu lado Juan, que não apenas fará sua estreia pela seleção como desde a transferência para a Internazionale, em fevereiro, disputou apenas uma partida pela equipe principal.

A escalação foi à solução encontrada por Mano depois de David Luiz ter se apresentado com um problema muscular sentido durante a final da Liga dos Campeões, na semana passada, quando o zagueiro do Chelsea jogou no sacrifício e ainda participou da disputa de pênaltis. O outro zagueiro à disposição é Bruno Uvini, que passou meses encostado no Tottenham (Inglaterra) antes de voltar ao São Paulo na semana passada.

‘’Não podemos ficar reclamando dos desfalques porque são coisas pertinentes ao futebol. Estamos com uma formação nova e jogadores e faremos muito mais conversando do que com apenas 30 minutos de treino antes do jogo. O Juan pode ser estreante, mas estará ao lado do Thiafo, que é experiente e poderá passar tranquilidade a ele. Mas é uma conversa que começa hoje e só acaba após o jogo’’, disse o treinador.

No entanto, a decisão de não convocar um substituto para Luiz, que está fora dos quatro amistosos e só deverá voltar nas Olimpíadas de Londres, deixou a seleção com apenas Uvini com cobertura para uma possível lesão no jogo com os dinamarqueses. Caso Thiago e Juan tenham problemas, o Brasil precisará improvisar um volante na zaga. Por enquanto, o jogador da Inter de Milão precisa apenas absorver o choque duplo da convocação e da titularidade.

‘’Foi uma surpresa, pois as coisas estão acontecendo rápido. Mas eu sempre joguei em categorias acima da minha e agora quero aproveitar a oportunidade. Gosto de jogar simples, tento sempre me impor. Se precisar dar chutão, vou dar’’, disse Juan, único estreante nos 11 que começarão a partida contra a equipe escandinava.