Publicidade
Esportes
Craque

Sem Dedé, Vasco da Gama fica no empate de 0 a 0 contra Corinthians

O atacante Tenorio ficou como opção no banco de reservas. É a primeira vez que o equatoriano é relacionado para um jogo desde sua contusão - foram cinco meses de recuperação 05/08/2012 às 17:33
Show 1
Juninho tenta sair da marcação de um corintiano
Acritica.com Manaus (AM)

O Vasco empatou em 0 a 0 com o Corinthians, neste domingo (05), em São Januário. O resultado mantém o Vasco na segunda colocação. É a sexta partida do Cruz-Maltino sem levar gols no Campeonato Brasileiro.

O técnico Cristóvão Borges não contou com o zagueiro Dedé que levou o terceiro cartão amarelo na partida diante do Internacional. Entretanto, o técnico teve os retornos de Juninho Pernambucano e Nilton que estavam suspensos na última partida do Vascão.

O atacante Tenorio ficou como opção no banco de reservas. É a primeira vez que o equatoriano é relacionado para um jogo desde sua contusão - foram cinco meses de recuperação.

A partida começou com o adversário criando boas oportunidades de abrir o placar, enquanto o Gigante da Colina ficava mais tempo com a posse de bola. Aos 14 minutos, após cobrança venenosa de falta do Corinthians, a bola sobrou para Romarinho. O atacante chutou de primeira, mas Douglas conseguiu desviar para fora.

O Cruz-Maltino tinha dificuldade para armar as jogadas, pois o setor defensivo da equipe paulista se recompunha rapidamente. Com isso, o Trem Bala não conseguia impor a sua velocidade habitual. A primeira vez que o time vascaíno levou perigo foi aos 29 minutos.

Willian Matheus fez ótima jogada pela esquerda, passou por três marcadores e invadiu a área. Na hora do arremate, porém, o lateral pegou fraco e a bola foi sem força nas mãos do goleiro Cássio. O lance inflamou a torcida do Vascão que fez o caldeirão ferver para apoiar os jogadores cruzmaltinos.

O restante da primeira etapa foi de muita marcação das duas equipes, principalmente no meio de campo. Com isso a partida ficou travada. A última chance de gol foi corinthiana. Douglas recebeu cruzamento livre dentro da área, mas o meia cabeceou para fora, perdendo uma grande chance.

Vascão melhora, mas partida não sai do 0 a 0

Os dois treinadores não fizeram alterações nas suas respectivas equipes. O Corinthians, novamente, começou tomando mais iniciativa no ataque. Aos nove minutos, Ralf chutou de fora da área e Fernando Prass espalmou. No rebote, Jorge Henrique finalizou e a Muralha da Colina fez um milagre.

Para melhorar a criação do seu time, Cristóvão Borges atendeu ao pedido da torcida ao colocar o Maestro Felipe em campo. O meia entrou no lugar de Carlos Alberto. Aos 17 minutos, Auremir lançou Eder Luis dentro da área. O camisa 7 cruzou na primeira trave, mas o atacante Alecsandro não conseguiu alcançar a bola para fazer o gol.

Carlos Tenório, na metade do segundo tempo, entrou em campo no lugar de Eder Luis. O atacante equatoriano ficou cerca de cinco meses fora da equipe devido a uma cirurgia. Na sua primeira jogada, o camisa 11 finalizou de longe com muita força. A bola pegou no gramado molhado e Cássio fez a defesa em dois tempos.

Aos 34 minutos, Willian Matheus ganhou da marcação na velocidade, entrou na área e driblou o goleiro Cássio. O lateral, contudo, perde o ângulo para finalizar e cruza muito alto e nenhum jogador do Vasco alcança a bola para fazer o gol. Essa foi a última oportunidade de gol na partida que ficou empatada em 0 a 0. Após o jogo, Carlos Tenorio mostrou uma camisa agradecendo a Deus pela recuperação e à torcida vascaína pelo apoio.

Próximo jogo

O Vasco irá para Recife enfrentar o Sport, nesta quarta-feira (08), às 19h30, na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 0 X 0 CORINTHIANS

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 5/8/2012 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Paulo H. Godoy Bezerra (SC)

Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Carlos Berkenbrock (SC)

Cartões amarelos: Wendel, Alecsandro, Willian Matheus (VAS); Paulinho (COR)

Gols:

VASCO: Fernando Prass, Auremir, Douglas, Fabrício e William Matheus; Nilton, Wendel (Fellipe Bastos, 44’/2ºT), Juninho e Carlos Alberto (Felipe, 15’/2ºT); Eder Luis (Tenorio, 24’/2ºT) e Alecsandro. Técnico: Cristovão Borges

CORINTHIANS: Cássio, Alessandro, Wallace, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Jorge Henrique (Guerreiro, 23’/2ºT) e Romarinho (Ramirez, 38’/2ºT). Técnico: Tite.