Publicidade
Esportes
Craque

Semifinais do Amazonense de Futsal acontecem nesta quarta, em Manaus

O primeiro jogo começa às 20h entre os boleiros do Milan A.C. e Recanto da Criança. Às 21h, o Dom Bosco encara o Radah/Anori 09/05/2012 às 10:42
Show 1
Meninos jogam semifinal no Casemiro de Abreu
Jhonny Lima Manaus

Nesta quarta-feira (09) o ginásio Casimiro de Abreu, na Cidade Nova, vai estremecer com a semifinal do Campeonato Amazonense Sub-20 Masculino de futsal. Chancelado pela Federação Amazonense de Futsal, o primeiro jogo começa às 20h entre os boleiros do Milan A.C. e Recanto da Criança. Às 21h, o Dom Bosco encara o Radah/Anori.

A equipe do Milan foi uma das grandes surpresas no certame. Sem referência e com pouca experiência no futsal, foi considerada a “zebra” na competição pelos adversários e chega à semifinal goleando um dos favoritos ao título, Tuna Luso, pelo placar de 5 a 3.

Abençoado pelo pároco padre José Bento, da Paróquia de São José Operário, Praça 14, o Milan é formado por atletas-fiéis da instituição, gerenciada por salesianos, que alia educação, evangelização e esporte para formar atletas de ponta.

“A parte esportiva é um elemento integrante do processo. É um modo de incentivar o atleta a sair da ociosidade e das drogas”, declarou Pe. José Bento.

Comandada pelo técnico Breno Freitas, o Milan se classificou em 7ª colocado, com duas vitórias e quatro empates e não se intimidará diante do Recanto da Criança.

“O nosso objetivo era ficar entre os quatro, mas vamos brigar pelo título”, comentou Freitas.


Exemplo de superação, o fixo Caio Anderson, 19, não vê a hora de entrar em quadra. Após sofrer complicações cardíacas e baixa pressão durante um jogo, há dois anos, ele está em fase de tratamento e liberado pelo médico. Mas agora busca a glória do título no futsal.

“Será a realização de um sonho se conseguirmos ganhar o campeonato”, deseja o jogador, morador do bairro Armando Mendes, Zona Leste, que já marcou seis gols na competição.

De acordo com o auxiliar técnico, Sonny Ferreira, o fruto do bom resultado deu-se graças ao apoio da paróquia, que financia 100% das despesas da equipe como inscrição, alimentação, transporte,  água e pagamento da arbitragem. 

“Graças a Deus conseguimos um grande trabalho. Estamos brigando para ser campeão e de azarão passamos a favorito”, finalizou Sonny.