Publicidade
Esportes
Craque

Showbol: Fla e Vasco fazem espetáculo e levam torcedores ao delírio

No clássico do milhões do gramado sintético o Rubro-Negro saiu na frente e derrotou o Cruz de Malta por 6 a 4 na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus 20/04/2012 às 08:40
Show 1
Showbol: Flamengo e Vasco realizam um espetáculo de partida e levam torcedores ao delírio
Paulo Ricardo Oliveira Manaus

O duelo de torcidas e o show de bola no gramado sintético montado na Arena Amadeu Teixeira marcaram a vitória do Flamengo sobre o Vasco por 6 a 4, nesta quinta-feira (19), definindo o líder do grupo B do torneio Manaus-Rio de Showbol.

Nas semifinais, sábado, às 10h, no mesmo local, a equipe rubro-negra enfrenta o Botafogo, segundo colocado do grupo A, e o Vasco joga contra o Fluminense, que aplicou goleada no Rio Negro por 9 a 3, terminado como o primeiro do grupo B. Mas foi a partida entre Flamengo e Vasco que botou pressão no caldeirão da arena Amadeu Teixeira.

O time comandado pelo tetracampeão Viola, com sua indefectível bandana na cabeça - para esconder a escassez de cabelos, começou o jogo bem sintonizado, com toques de bola muito rápidos, mas não soube finalizar com competência. Dos quatro gols do Vasco, Viola marcou dois, o primeiro deles cobrando penalidade. Possato fez os outros dois gols do cruzmaltino.

Já o Flamengo, de Djalminha, Athirson, Jorginho e companhia, começou devagar e foi acelerando na medida certa. Djalminha empatou também cobrando penalidade. Athirson virou o jogo para 2 a 1, incendiando a arquibancada da Arena, de um lado tomada pela Urubuzada e de outro lotada pela Força Jovem, calada.

Paulinho fez um belo gol de primeira e Piá, em seguida,  fez o quarto gol rubro-negro, impondo silêncio à torcida adversária, que viria a se animar com dois gols seguidos de Possato, deixando o placar igual.

Na habilidade, Djalminha colocou o Flamengo novamente em vantagem e Athirson, logo depois, decretou o vitória vermelha e preta. “Flamengo e Vasco é sempre marcada pela rivalidade. Essa é a marca registrada desse clássico. Mas tudo isso é gostoso de viver, porque mexe com a torcida a empolga os jogadores dentro de campo”, afirmou Athirson, que espera casa cheia nas semifinais contra o Botafogo. “A torcida sempre deu uma força extra para a equipe. Espero que a torcida compareça em massa nas semifinais”.       

Delegado da partida, Rodrigo Pimentel, da empresa Showbol Brasil, se disse surpreso com a aceitação do torneio realizado pela M1 Eventos em Manaus. “Geralmente, a gente realiza o Brasileiro no Rio de Janeiro, onde o público prestigia bastante. Mas em Manaus, tivemos uma grata surpresa”.