Publicidade
Esportes
Craque

Super kart: Piloto recebe punição e perde cinco posições no próximo grid

Na prova do dia 23 de setembro, Caio Costa teve uma sequência de batidas na parte traseira dos carros, afetando o desempenho dos pilotos Eurico Tavares e Marcus Mesquita e por isso será punido 09/10/2012 às 08:46
Show 1
Caio Costa recebe punição por conta das duas batidas na primeira etapa da Copa Super Kart
Nathália Silveira Manaus

A segunda etapa da Copa Super Kart acontece neste domingo, às 10h, no Kartódromo da Vila Olímpica (avenida Pedro Teixeira, 400, Dom Pedro, Zona Centro-Oeste). Mas, antes mesmo dos pilotos entrarem na pista, a competição já começou a pegar fogo. Isso porque, o diretor de prova e organizador do evento, James Bala, afirmou que será severo com aqueles que não obedecerem às regras da disputa.

E o primeiro a ser punido é Caio Costa, que na prova do dia 23 de setembro, teve uma sequência de batidas na parte traseira  dos carros, afetando o desempenho dos pilotos Eurico Tavares e Marcus Mesquita.

“Fui bem claro antes de começar a Copa que não aceitaria qualquer ação fora do regulamento. Além dos fiscais da prova, comissários técnicos e bandeirinhas, eu ainda posso contar com a ajuda dos DVDs, que me possibilitam avaliar a competição de todos ângulos e  rever as baterias quantas vezes for preciso. Assim, percebi que o Caio não bateu sem querer nas carenagens bolhas e isso merece uma punição.  Decidi que ele irá perder cinco posições no grid deste final de semana. Logo, mesmo se conseguir a pole, vai largar na sexta posição”, ressaltou James Bala, ao comentar que a medida serve de alerta para os demais pilotos.

Para Caio, a situação fica bem complicada, pois além de ter que lidar com a punição, terá que fazer um enorme esforço para driblar o fraco desempenho apresentado ainda no começo da temporada, quando ocupou o 10º lugar.

“Quando você está em disputa, existem pessoas  para julgar  você e que podem ter diversas interpretações. Eu realmente acabei chocando com o Marcus Mesquita na primeira bateria e com o Eurico na segunda, mas não foi proposital. Foi uma atitude limpa. Com essa decisão da diretoria, as coisas vão ficar difíceis, mas eu só vou me esforçar ainda mais para buscar uma boa colocação. E vou conseguir”, considerou Caio.

Deixando de lado a polêmica, o organizador do evento ainda avisou que para a prova deste domingo, o peso total  do carro com piloto será modificado. Ao invés de 185 quilos, como ocorreu em toda a edição passada, a pesagem para as próximas disputas obedecerá o peso mínimo de 190 quilos. O acordo foi feito após uma uma reunião com todos os participantes da Copa, que observaram que os pilotos menos pesados e que não precisam utilizar chumbo ao chassi, chegavam a ganhar 5 segundos a mais em cada volta.