Publicidade
Esportes
Craque

Tadeu Picanço: ‘Prioridade é descobrir novos talentos no vôlei amazonense’

Presidente da Federação Amazonense de Voleibol conversou com o Portal acrítica.com e falou sobre os projetos para 2013 27/12/2012 às 15:35
Show 1
Vôlei do Amazonas tem futuro garantido
Lorenna Serrão Manaus

Fim de ano, hora de fazer um balanço e projetar o futuro. É o que a maioria das pessoas costuma fazer nesta época. As federações esportivas não fogem a regra e também realizam avaliações e traçam novas metas. O presidente da Federação Amazonense de Vôlei, Tadeu Picanço, é um exemplo, em conversa com o Portal acrítica.com ele falou sobre as conquistas de 2012 e dos projetos para 2013.

“Nosso principal objetivo é descobrir talentos, por isso em 2013 vamos desenvolver projetos em parceria com a Sejel, Seduc e CBV que vão beneficiar principalmente os alunos da rede pública de Manaus. Queremos fortalecer o vôlei e apoiar os novos atletas para que eles possam servir o Amazonas no futuro”, disse Picanço.

Ainda de acordo com o presidente, no próximo ano serão implantados núcleos de captação em todas as Zonas de Manaus.

“Ao todo serão nove núcleos, a base funcionará em uma escola de tempo integral que servirá de referencia para as instituições próximas”, completou.

As atividades da FAV vão começar em janeiro, com os treinos e os testes que vão selecionar atletas que devem compor a seleção representativa (atletas que integrarão a seleção amazonense juvenil).

“Durante os meses de janeiro e fevereiro 40 anos alunos, 21 da capital e 19 do interior, vão receber treinamento intenso e os 12 melhores devem integrar a seleção e representar o Amazonas no Campeonato Brasileiro no mês de março”, comentou.  

Equipe permanente
No mês de outubro, como parte do projeto de Desenvolvimento da Estrutura de treinamento para Identificação de Talentos (DET/DT), a  FAV realizou uma seletiva, que teve como objetivo descobrir atletas que possam integrar a Seleção Brasileira de base do Voleibol.

Foram selecionados 32 alunos de escolas da rede pública de Manaus, 19 garotos e 13 garotas, que integrarão uma equipe permanente a partir de janeiro e receberão orientações dos técnicos Lilia Picanço e Harley Barroncas, representantes do Amazonas no DET/DT.