Publicidade
Esportes
Campeonato Carioca

Te vira! Botafogo enfrenta o Vasco tendo que vencer para levar a taça do Carioca

Na semana passada, o Vasco venceu por 1 a 0 e por isso, se quiser ser campeão hoje, o Botafogo terá que garantir a vitória por dois gols de diferença 08/05/2016 às 07:30
Show jeff
O goleiro Jefferson no primeiro jogo acabou sendo um dos destaques da partida de forma negativa. A esperança é que ele possa voltar a ser lembrado por belas defesas
Camila Leonel Manaus (AM)

“O Vasco é o time da virada, o Vasco é o time do amor”, a música garantiu ao cruzmaltino a alcunha de “time da virada”, mas quem precisará virar o jogo neste domingo (8) é o Botafogo. O clube da estrela solitária saiu perdendo a primeira partida na semana passada, por 1 a 0, gol de Jorge Henrique, e agora precisará vencer  o invicto Vasco da Gama por dois gols de diferença. Vitória por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

E a confiança anda em alta em General Severiano. O técnico Ricardo Gomes acredita que assim como na semifinal contra o Fluminense – quando o time conseguiu passar mesmo não tendo a vantagem do empate -  a equipe pode reverter a desvantagem.

“Um título em um grande clube é o que tem de melhor. Por isso estamos aqui. Apesar da desvantagem, como aconteceu contra o Fluminense, estou esperançoso. O Vasco tem um meio-campo experiente, diferente do nosso. Mas estamos com muita vontade e sabendo o que fazer em campo para ser campeão”, disse o treinador do Fogão.

E por falar nisso, no primeiro turno, o Botafogo mostrou poder de reação contra o mesmo Vasco. O Cruzmaltino saiu na frente com Riascos, as duas equipes entraram em campo invictas e quando parecia certo que apenas o Vasco continuaria invicto, Emerson bateu falta com força, aos 41 minutos, e evitou a derrota botafoguense. E é olhando para a campanha que o Botafogo espera fazer um resultado que evite o bicampeonato do rival.

“Não temos a vantagem. Então é um discurso diferente em relação ao Jorginho, por exemplo, que tem a vantagem. Mas temos que ter equilíbrio. Defender bem e atacar bem, pois precisamos do resultado. Então é isso: temos que entrar motivados e equilibrados”, declarou Ricardo Gomes.

Mudanças no elenco serão poucas em relação à primeira partida. A dúvida é com relação a Gegê, que sentiu dores musculares. Ele treinou com o time, mas ainda não está garantido no confronto.

Vasco

Manutenção de elenco para o jogo também acontece no Vasco da Gama. O plantel será o mesmo do primeiro jogo. Se as mesmas caras estarão em campo, o que muda no Vasco é a forma de jogar, de acordo com o técnico Jorginho. Os treinos da semana foram fechados para correção de falhas no esquema tático da equipe.

“O Botafogo vem jogando com essa formação. Eles vêm mantendo bem uma mesma equipe. Nós, que já estamos desde o ano passado, ficamos mais marcados em relação a isso. Não podemos estar presos a uma movimentação tática só. Encontramos adversários diferentes. Temos que ter algumas formações, opções, para ter essas variações. Para um treinador, repetir a escalação é muito bom”, disse o técnico do Vasco.

Para Jorginho, a alegria de um título, além da conquista com a equipe, é o fato de ser o seu primeiro título como treinador no Brasil. Apesar da ansiedade, o técnico prega o foco para que as coisas não desandem.

Ficha Técnica:

Vasco Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos. Técnico: Jorginho.

Botafogo Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê (Fernandes) e Leandrinho; Salgueiro e Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes.

Estádio: Maracanã

 Motivo: Final do Carioca  

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro

Horário: 15h (horário de Manaus).