Publicidade
Esportes
Futebol, Campeonato Brasileiro, Série A, Corinthians, Portuguesa

Timão e Lusa apenas empatam no Pacaembu

Portuguesa foi melhor na etapa inicial e abriu o placar. No início do segundo tempo, Doulas empatou para o Corinthians 22/07/2012 às 15:56
Show 1
Timão não conseguiu sair de um empate por 1 a 1 com a Portuguesa
Lancepress! São Paulo

Com duas vitórias seguidas no Brasileirão, o Corinthians não conseguiu a terceira para embalar de vez no campeonato e ficou apenas no empate com a Portuguesa, por 1 a 1, na noite desse sábado (21), no Pacaembu.

Ainda na primeira etapa, a Lusa abriu o placar com o recém-repatriado e também ex-jogador do Timão, Héverton, em chute forte da entrada da área. Na etapa final, Douglas, em cobrança de falta que passou por toda a pequena área, deixou tudo igual no placar.

O início de jogo no Pacaembu foi morno, com as duas equipes sem conseguir encaixar uma boa troca de passes nos primeiros dez minutos.

Até que aos 13, o volante Léo Silva invadiu a área pela esquerda com velocidade, cortou para o meio e finalizou rasteiro. Cássio, de olho no lance, fez boa defesa no chão.

Ainda sem se achar na partida, o Corinthians quase viu a Lusa abrir o placar novamente. Em saída estranha de Cássio pelo alto, a bola sobrou para Diego Viana, que cabeceou rasteiro. O goleiro corintiano se recuperou bem, pulou no canto esquerdo e evitou o primeiro da Portuguesa.

Melhor no jogo, a Lusa foi recompensada aos 29 minutos. Após bela assistência de Moisés, Héverton, recém-repatriado pelo clube do Canindé e ex-jogador do Timão, dominou na entrada da área e fuzilou o gol de Cássio para abrir o placar.

Após o gol, o Corinthians melhorou discretamente e buscou chegar ao gol de Dida principalmente com jogadas de linha de fundo e em bolas paradas, mas sem sucesso.

Reação
Logo no começo da segunda etapa, o Timão contou com um pouco de sorte para deixar tudo igual no confronto. Aos 4 minutos, Douglas cobrou falta da esquerda, passou por toda a pequena área e, sem nenhum desvio, foi morrer no canto esquerdo de Dida, que não conseguiu chegar a tempo no lance.

Em busca da virada, os comandados de Tite foram para cima da Lusa, que não conseguia impor a mesma pressão colocada sobre o Corinthians no primeiro tempo. Cinco minutos depois do empate, Romarinho recebeu livre pela direita, invadiu a área, mas pegou muito embaixo da bola e isolou por cima do gol, desperdiçando boa chance de virar a partida.

Na primeira boa chance da Lusa na etapa complementar, Cássio apareceu mais uma vez para fechar o gol corintiano. Após receber bom passe de Guilherme, Héverton dominou na direita da área e bateu forte de esquerda. O goleiro do Timão, com os pés, desviou para escanteio e evitou o segundo da Portuguesa.

E os visitantes parecem ter acordado após a primeira oportunidade no segundo tempo e se lançaram ao ataque novamente. Depois de boa jogada individual, o volante Guilherme arriscou de fora da área, a bola desviou em Paulo André e deixou Cássio batido, que só observou o chute sair por cima do gol em escanteio, raspando o travessão.

Aos 36, o Corinthians chegou muito perto de virar o jogo no Pacaembu. Douglas recebeu com liberdade na intermediária, deu uma pancada de fora da área e a bola explodiu no travessão de Dida.

Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Cruzeiro no Pacaembu, na quarta-feira (25), às 21h50. Já a Portuguesa vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo, na quinta-feira (26), no Engenhão, às 21h.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 1 PORTUGUESA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)

Data e hora: 21/7/2012, às 21h

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Auxiliares: Márcio Luiz Augusto e Bruno Salgad Rizo

Renda e público: R$ 991.425,00 / 31.106 pagantes

Cartões amarelos: Douglas e Romarinho (COR); Luis Ricardo (POR)

Cartões vermelhos:

GOLS: Héverton, aos 29'/1ºT; Douglas, aos 4'/2ºT

CORINTHIANS: Cássio, Welder, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Ramírez, 37'/2ºT), Edenílson (Jorge Henrique, Intervalo) e Douglas; Romarinho e Emerson (Adilson, 37'/2ºT). Técnico: Tite

PORTUGUESA: Dida, Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Marcelo Cordeiro; Fernando, Léo Silva, Guilherme e Moisés; Héverton e Diego Viana (Rodriguinho, 37'/2ºT). Técnico: Geninho