Publicidade
Esportes
Craque

Tô de férias! Veja a rotina de Ronys Torres, em Manacapuru (AM)

Lutador amazonense é o segundo entrevistado do Portal acrítica.com na série sobre as férias dos atletas do Estado. Em Manacapuru, ele não dispensa um bom peixe e futevôlei 14/01/2013 às 11:00
Show 1
Ronys Torres aproveita para almoçar em família nas férias
Lorenna Serrão Manaus

O Município de Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus) é conhecido como a terra da ciranda e também como a cidade do lutador de MMA, Ronnys Torres, 26, que se tornou uma espécie de celebridade do esporte por lá. Na segunda reportagem da série “Tô de férias!”, o Portal acrítica.com acompanhou de perto o descanso do atleta, que mora no Rio de Janeiro e durante o ano encara seis horas por dia de treino pesado, tudo para não fazer feio no octógono. Mas, de dezembro e janeiro, ele relaxa e passa alguns dias na terra natal ao lado da família e dos amigos. Será que ele conseguiu se desligar dos treinamentos?

Confira galeria de fotos

Ronnys sofre de insônia e também tem dificuldades para fazer dieta, por isso ele não segue nenhum cardápio especial, mas conta que semanas antes de uma luta faz alguns sacrifícios para perder peso. Por isso, ele aproveita as férias para matar a saudade da família e dos amigos, comer muito peixe, além de dormir bastante e praticar uma modalidade esportiva bem diferente da luta.

“Tenho muita insônia, então quando estou de férias, em Manacapuru, aproveito para dormir bastante. Regime eu não faço, já tentei, mas não consigo seguir nenhum tipo de dieta e por isso sempre encaro alguns sacrifícios para perder peso antes de uma luta, já cheguei a perder 18 quilos em três semanas”, disse o lutador, que atualmente está com 89 quilos.


Todo mundo que conhece a trajetória de Ronnys Torres sabe que ele começou no jiu-Jitsu, mas o que pouca gente sabe é que aos 17 anos ele teve que tomar uma decisão importante: escolher entre os tatames e os campos de futebol.

“Sempre tive uma ligação muito forte com o esporte, fazia jiu-jitsu e futebol ao mesmo tempo, mas um dia o meu professor de artes marciais e que hoje é um grande amigo meu, Andrade, me chamou para conversar e disse que eu precisava me dedicar 100% a apenas uma modalidade e eu escolhi praticar somente o jiu-jitsu”, explicou Torres.

O atleta que tem contrato com o MMA Series, organizado por uma poderosa rede de hotel de Las Vegas (EUA), já tem três lutas confirmadas para este ano. No dia 7 de fevereiro vai enfrentar Jackson Rocha em um evento no Rio de Janeiro, no dia 28 março vai participar da “Liga dos Campeões” também no Rio, e no dia 18 e abril vai lutar no Panamar, todas as disputas valem cinturão. Mas enquanto está de férias, nada de artes marciais. A modalidade que Ronnys pratica com os amigos no Princesa do Solimões, sua terra natal, é outra.

“Quando estou em Manacapuru eu jogo futevôlei com os amigos, é um hobby que me faz bem, pois consigo matar a saudade da minha turma e relembrar a época em que eu morava aqui, além de me ajudar a perder calorias”, pontuou Torres.


Férias em casa, lazer garantido
Para matar a saudade do peixe, Ronys Torres reuniu a mãe Maria de Lurdes, a irmã Simone Torres, o irmão Jhone Torres, os sobrinhos Guimel Alef e Caio Vinicius e os amigos Muller Pereira e Érico Afonso na peixaria “Canto do Roxinho”, em Manacapuru. O cardápio? Tambaqui assado, arroz, feijão, vinagrete e farinha.“Quando estou no Rio sinto muita falta do tambaqui, por isso nas férias eu mato a minha saudade e como com vontade. Além do peixe também sinto falta do açaí, que até tem no Rio, mas o sabor é bem diferente do nosso”, comentou.

Muller Pereira é amigo de infância de Torres, ele conta que a peixaria virou um ponto de encontro dos fãs e familiares do lutador. “Todas as lutas dele que são transmitidas nós assistimos aqui, estamos sempre torcendo por ele, porque é um atleta dedicado e humilde que merece alcançar todas as vitórias”, disse o amigo.


Depois do almoço saboroso hora de perder algumas calorias e sair ainda mais da rotina. No Rio de Janeiro Ronys Torres tem uma vida totalmente focada no MMA, mas em Manacapuru é diferente. “Nós como amigos temos a missão de tirá-lo da rotina dura de treinos e por isso estamos sempre programando algo para fazer junto com ele, como jogar futevôlei”, afirmou Muller Pereira.

Ronys manda bem no futevôlei também, veja vídeo.

Assim como no octógono, Ronys mostrou que também manda bem nas areias, com a camisa oficial do Princesa do Solimões, seu time de futebol de coração, entrou em quadra e fez bonito. “A melhor parte das férias é estar ao lado das pessoas que a gente ama em um lugar especial. Eu amo a minha família, os meus amigos e essa terra, amo Manacapuru e nunca vou esquecer que foi aqui que a minha vida começou a tomar um novo rumo”, lembrou Ronnys, que falou também sobre o desejo de voltar ao UFC.


“Estou em uma fase feliz, tenho 12 vitórias seguidas no meu currículo, um contrato com a MMA Series e lutas que valem cinturão fechadas. Mas o sonho de voltar ao UFC ainda existe”.