Publicidade
Esportes
Craque

Torcida empurra e Belfort finaliza norte-americano no UFC Rio após polêmica com peso

Depois de sofrer duros golpes, o brasileiro famoso por seus socos mostrou segue forte jiu-jitsu e finalizou o Anthony Johnson com um mata-leão no final do primeiro round 15/01/2012 às 13:54
Show 1
Anthony Johnson é agarrado por Vítor Belfort durante luta. Brasileiro venceu por submissão e levou torcida à loucura
Uol/ Esporte ---

Não foi a luta fácil que muitos esperavam, mas Vitor Belfort mostrou porque é um dos mais importantes lutadores da história do MMA. Depois de sofrer duros golpes, o brasileiro famoso por seus socos mostrou segue forte jiu-jitsu e finalizou o norte-americano Anthony Johnson com um mata-leão no final do primeiro round.

A torcida na HSBC Arena também fez sua parte na volta de Belfort em lutas no Brasil desde 1998. Desde o momento em que ele entrou no octógono, não parou de gritar o nome do lutador em momento algum. “E ae galera, o meu sonho foi realizado hoje. Foi um prazer dar esta vitória para vocês", disse o lutador ainda no ringue.

Antes do combate, os lutadores viveram um dilema na balança, causado por Anthony Johnson. O norte-americano ficou cinco quilos acima do limite dos médios (até 84 kg). Com isso, ficou combinado entre as partes que ele cederia 20% da bolsa ao carioca e ainda teria de se pesar neste sábado, com até 93 kg.

O problema foi contornado, e a diferença de peso acabou não interferindo no desfecho do combate. “Eu lutei com muitos caras, não tenho medo do tamanho de ninguém. Eu cortei meu peso, fiz minha obrigação. Eu sei o que quero e vou perseguir esta meta.”

A luta

Johnson começou tentando chutes alto, bem esquivados por Vitor. O brasileiro tentou devolver na mesma moeda, mas acabou levando uma queda. No chão, o americano acertou um duro golpe em Belfort, que reagiu bem. Anthony conseguiu levar o rival para grade, mas o lutador da casa se defendia bem.

Com a luta em pé, Vitor acertava bons golpes, mas levava perigosos contra-ataques. Mas foi no chão que tudo se decidiu. Após defender mais uma tentativa de queda, Belfort começou a dar socos em Johnson, que lhe deu as costas. Primeiro o brasileiro tentou um mata-leão, que não encaixou, mas ele conseguiu o golpe na segunda vez, finalizando o rival com 4min49 de combate.

Confira os resultados completos do UFC Rio
Card principal:
Penas: José Aldo (BRA) vence Chad Mendes (EUA), por nocaute no 1º round
Médios: Vitor Belfort (BRA) vence Anthony Johnson (EUA), por finalização no 1º round
Médios: Rousimar “Toquinho” Palhares (BRA) vence Mike Massenzio (EUA), por finalização
Meio-médios: Erick Silva (BRA) é desqualificado contra Carlo Prater (BRA), por golpes ilegais
Leves: Edson Barboza (BRA) vence Terry Etim (ING), por nocaute no 3º round

Card preliminar
Leve: Thiago Tavares (BRA) vence Sam Stout (CAN), por pontos
Pesados: Gabriel Napão (BRA) vence Ednaldo Lula (BRA), por finalização no 1º round
Penas: Iuri Marajó (BRA) vence Michihiro Omigawa (JAP), por pontos
Meio-médios: Mike Pyle (EUA) vence Ricardo Funch (BRA), por nocaute no 1º round
Penas: Felipe Sertanejo (BRA) vence Antonio Carvalho (CAN), por pontos