Publicidade
Esportes
Craque

‘Trio de ouro’ representará o AM no Brasileiro Caixa de Menores de atletismo

Franklin Ribeiro, Rodrigo Pinheiro e Lincoln Aranha participarão da 37ª edição, de um dos mais concorridos eventos de atletismo do Brasil que conta com os primeiros colocados em cada uma das provas individuais do Ranking Brasileiro da categoria (até 17 anos) 11/10/2012 às 08:17
Show 1
Trio promissor do atletismo amazonense disputa Campeonato Brasileiro Caixa de Menores, no PR
Nathália Silveira Manaus

Neste final de semana será realizado um dos mais concorridos eventos de atletismo, o 37º Campeonato Brasileiro Caixa de Menores, onde participam somente os primeiros colocados em cada uma das provas individuais do Ranking Brasileiro da categoria (até 17 anos). De Manaus, embarca nesta quinta-feira um “trio de ouro” formado por Franklin Ribeiro, Rodrigo Pinheiro e Lincoln Aranha. Três atletas que vem colecionando vitórias por todo o País.

Franklin Ribeiro é um dos principais destaques desse grupo. O menino que disputará a competição nacional participando nos 200m e 400m, quebrou na semana passada o recorde dos 400m do Torneio Norte e Nordeste (realizado em Fortaleza) que perdurava há 11 anos. O amazonense cravou 40s17, abocanhou o primeiro lugar, fez seu melhor tempo no ano, e ainda assinou seu nome na história da modalidade.

“O Franklin tem um desempenho incrível e apesar do atletismo ser imprevisível acreditamos muito nesse menino para trazer o ouro, pois ele tem uma potência muscular incrível, uma força explosiva de dar inveja a qualquer um e um biótipo magro e alto, assim como Sandro Viana, e essas características beneficiam e muito sua atuação nas pistas”, analisou o técnico do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), Cleomar Vasconcelos.

Lincoln é outra aposta do professor Cleosmar e da Federação Desportiva de Atletismo do Estado do Amazonas (Fedaeam) em se dar bem no Brasileiro, na prova de 2 mil metros com obstáculos. O atleta, que ocupa a quinta posição no ranking nacional da modalidade, além de seguir uma disciplina rígida de treinos diários é beneficiado pela ‘herança genética’, já que é um dos integrantes da família Aranha, que tem tradição no esporte.

“Ele vem de uma família que a maioria segue os passos da corrida, ou seja, herdou a vontade de competir e ganhar. Outro ponto, é que esse menino tem muita garra e vem se preparando desde começo do ano para participar do evento. A mais de sete meses treina todos os dias por duas horas na Vila Olímpica” afirmou o técnico.

Rodrigo Pinheiro, que é treinado por Margareth Bahia (também titular da Fedaeam), irá enfrentar as provas de arremesso de peso e lançamento de dardo. O garoto terá uma grande missão pela frente: derrubar a 'galera' de São Paulo e Rio de Janeiro, principais adversários do menino na competição.

Mas, o que não vai faltar para o atleta é força de vontade para estar no pódio. Afinal, os dois primeiros colocados em cada uma das provas individuais serão convocados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para participar do Sul-Americano de Menores, que será realizado em Mendoza, na Argentina, nos dias 27 e 28 deste mês. Para o revezamento medley serão chamados os vencedores dos 100 e 200 m e os dois primeiros nos 400 m.

Destaque
Um dos nomes mais comentados nacionalmente e que vai dar o ar da graça na competição é a catarinense Tamiris de Liz, dona de duas medalhas de bronze (100 m e 4x100 m) no Mundial de Juvenis, no mês de julho, na Espanha. A garota ainda chega na disputa com o respaldo de ter sido reserva da equipe brasileira do 4x100m na Olimpíada de Londres, em agosto. Aos 16 anos, Tamiris foi a mais jovem finalista da prova dos 100 m do Mundial de Juvenis e a mais nova da equipe olímpica de Atletismo, demonstrando a sua precocidade e o potencial para as futuras competições. A jovem é a atua lider do ranking brasileiro nos 100m com 11s42 e nos 200m com 23s71.