Publicidade
Esportes
Craque

“Tudo agora é Mundial”, diz Tite

Além de preparar a equipe para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, que acontecerá contra o Vasco, no Pacaembu, neste sábado (27), o comandante também já trabalha pensando no time que buscará o Bi Mundial 23/10/2012 às 13:59
Show 1
Tite
Agência Corinthians ---

Na manhã desta terça-feira (23), o técnico Tite comandou mais um treino do Corinthians no CT Dr. Joaquim Grava. Além de preparar a equipe para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, que acontecerá contra o Vasco, no Pacaembu, neste sábado (27), o comandante também já trabalha pensando no time que buscará o Bi Mundial.
 
"Estava em casa no domingo e caiu a ficha, tudo agora é Mundial. Se estivéssemos disputando o título brasileiro, seria dividido, o que não é o caso. Vamos valorizar os jogos do Brasileiro, mas não com a busca pelo título, e sim de ritmo", disse Tite. “"Tive um fim de semana que mudou minha sintonia, agora é Mundial. Senti um frio na barriga e a adrenalina subiu. O grupo todo está reunido e mobilizado por isso", continuou o treinador.
 
Com o início da preparação para o Mundial, o treinador começará também a trabalhar para definir a equipe que disputará o torneio. A competição será realizada entre os dias 09 e 16 de dezembro, no Japão.
 
“A dúvida está mais em relação à linha de três com o homem da frente, sim. A equipe já tem sua estrutura, uma modificação. É da linha de três e do homem da frente, esses quatro. Essa briga está mais acirrada”, falou Tite.
 
“A equipe titular vai se mostrar em campo. É desempenho. Se é dois armadores, se é pivô, se é dois homens de velocidade. Alguns critérios para a titularidade eu observo. Quando o campo fala é qualidade técnica. Tem o equilibrio da equipe, entre ser agressiva sem se expor atrás. Aspecto de condicionamento físico e saúde também. Isso tem de estar tudo ajustado. Quanto mais rápido o Emerson voltar para campo, vai ser melhor para ele, para a equipe. Falei isso para o Jorge também quando se recuperava. O importante é estar dentro do campo treinando. Ah, vai correr risco de machucar? Ffffff....Azar! É o preço que tem de pagar, é o preço do trabalho intenso. Se não preparar bem, não vai bem depois”, completou o comandante.