Publicidade
Esportes
Craque

Vasco goleia Náutico e mantém 100% no Brasileiro_

Felipe atua na lateral esquerda e faz golaço. Juninho também marca o seu e Alecsandro se torna artilheiro da competição 06/06/2012 às 17:18
Show 1
Vasco e Náutico em São Januário
LANCEPRESS! Rio de Janeiro (RJ)

Com dinheiro na conta, a experiência de Felipe e Juninho, além do espírito matador de Alecsandro, o Vasco derrotou o Náutico por 4 a 2, na noite desta quarta-feira, em São Januário, e manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. Os vascaínos balançaram as redes com Alecsandro - duas vezes -, agora artilheiro da competição com quatro gols, Felipe e Juninho. Martinez e Araújo diminuíram para o Timbu.

Agora, o Vasco soma nove pontos em três partidas. Já o Náutico tem apenas um. Na quarta rodada, domingo, o Cruz-Maltino encara o Bahia fora de casa e o Náutico recebe o Botafogo no Aflitos.

COM TOQUE DO MAESTRO

A equipe do Vasco entrou em campo com uma empolgação a mais após o pagamento de parte da dívida que a diretoria tinha com os jogadores. Sem Thiago Feltri - recuperando-se de um estiramento na coxa esquerda - Cristovão apostou na escalação do experiente Felipe na lateral esquerda. E o camisa 6 até surpreendeu, mostrando muita disposição tanto no apoio ao ataque quanto na marcação. Porém, a disposição demonstrada pelos times em campo não parecia ser a mesma.

Os primeiros minutos da partida foram sem grandes chances e, até certo ponto, sonolento. E quando muitos começavam a se arrepender de ter parado para assistir ao jogo, Alecsandro acordou a torcida. Aos 22 minutos, Eder Luis recuperou a bola no meio de campo e passou para Alecsandro. O camisa 9 bateu no canto direito de Gideão e abriu o placar.

Atrás no placar, o Náutico apostava na velocidade e nas bolas aéreas para tentar o empate. Por outro lado, os comandados de Cristovão Borges comandavam o meio de campo e, explorando as laterais, assustava a defesa adversária. Quase chegou ao segundo gol com Juninho, quando Alecsandro recuperou a bola na intermediária de ataque e achou o Reizinho entrando em velocidade, na área, mas o camisa 8 bateu para fora.

Depois de um oportunidade para lá e outra para cá, um golaço. Aos 35 minutos, Felipe caiu pela meia direita, cortou dois adversários e bateu forte de fora da área. Um golaço!

Já próximo do término da primeira etapa, Felipe lançou Diego Souza. O camisa 10 avançou e bateu rasteiro e cruzado, mas Gideão fez a defesa sem dificuldade.

É GOLEADA!

O segundo tempo, o Vasco parecia satisfeito com a vitória e apostava nos contra-ataques. Por outro lado, apesar de atuar fora de casa, passou a ser sentir à vontade e chegou a imprimir pressão. O goleiro Fernando Prass, inclusive, teve de fazer grande defesa após cabeçada de Rhayner.

Porém, em um desses ataques rápidos, o time cruz-maltino conseguiu, praticamente, liquidar a fatura. Após lançamento em profundidade de Alecsandro, Diego Souza dominou pela ponta esquerda e cruzou para Juninho, que dominou já invadindo a área e batendo para fazer o terceiro, aos 16 minutos. Pouco tempo depois, o Reizinho teve nova chance, mas a bola passou rente à trave direita de Gideão.

Depois de muitas bolas alçadas na área, em um momento deu certo. Após levantamento da direita, Souza dominou e cruzou para trás. Martinez dominou e chutou para diminuir a vantagem cruz-maltina, aos 21 minutos. Mas a alegria do Timbu não durou muito, mais precisamente dois minutos, quando Felipe recebeu de Fellipe Bastos e, de primeira, com muita categoria, achou Alecsandro entrando na área e o camisa 9 fez o quarto do Vasco e seu quarto gol no Campeonato Brasileiro.

Carlos Alberto chegou a fazer grande jogada individual, invadiu a área e cruzou rasteiro, mas Derley cortou. Os jogadores vascaínos reclamaram de toque de mão, mas o árbitro mandou seguir.

Já nos minutos finais, Araújo recebeu em velocidade, invadiu a área, driblou Fernando Prass e concluiu para dar números finais à partida.

Com a vitória, o vasco chegou aos nove pontos e mantém os 100% no Brasileiro. Na próxima rodada, o time cruz-maltino enfrenta o Bahia, domingo, em Pituaçu. Já o Náutico, tem apenas um ponto no campeonato e vai receber o Botafogo, também domingo.

FICHA TÉCNICA

VASCO 4 X 2 NÁUTICO

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 06/06/2012 - 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)

Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)

Renda/público: R$ 160.060,00 / 4.987 pagantes / 7.541 presentes

Cartões amarelos: Rodolfo, Nilton (VAS)

Cartões vermelhos: -

Gols: Alecsandro 22"/1ºT (1-0); Felipe 35"/1ºT (2-0); Juninho 16"/2ºT (3-0); Martinez 21"/2ºT (3-1); Alecsandro 23"/2ºT (4-1); Araújo 43"/2ºT (4-2)

 VASCO: Fernando Prass, Fagner (Allan - 33'/2ºT), Renato Silva, Rodolfo e Felipe; Nilton, Fellipe Bastos, Juninho e Diego Souza (Wiliam Barbio - 39'/2ºT); Eder Luis (Carlos Alberto - 19'/2ºT) e Alecsandro - Técnico: Cristovão Borges

NÁUTICO: Gideão; Auremir, Marlon (Marcio Rosário - 19'/2ºT), Ronaldo Alves e Lúcio; Derley, Elicarlos, Martinez e Ramon (Souza - Intervalo); Kim (Rhayner - Intervalo) e Araújo - Técnico: Gallo