Publicidade
Esportes
Craque

Vasco joga bem, mas perde para o Santos na Vila Belmiro

Com o resultado, o Gigante da Colina permaneceu com 50 pontos, caindo para o quinto lugar, já que o São Paulo venceu o Figueirense e chegou a 52 14/10/2012 às 18:20
Show 1
Sem Dedé e Juninho, Vasco perde para o Santos
Vasco.com.br ---

Sem Dedé e Juninho, o Vascão foi até Santos enfrentar a equipe da casa e tentar a quebra de um tabu que dura desde 2006, onde, de lá pra cá, em todos os confrontos, o mandante saiu com a vitória. Porém, dentro do campo, o Gigante da Colina perdeu para o Santos por 2 a 0, neste domingo (14). Com o resultado, o Vasco permaneceu com 50 pontos, caindo para o quinto lugar, já que o São Paulo venceu o Figueirense e chegou a 52. O Vasco volta a campo nesta quinta-feira (18), onde jogará o clássico contra o Botafogo, no Engenhão.

O jogo

Vasco joga bem, mas Santos abre o placar

Em busca da vitória para permanecer no G-4 do Brasileirão, o Vascão partiu para cima do Santos que, por jogar em casa, tomou a iniciativa. Aos dois minutos, após cobrança de escanteio de Felipe Anderson, a zaga vascaína afastou o perigo. No lance seguinte, Eder Luis pegou a sobra e bateu para o gol, a bola desviou e saiu em escanteio.

Aos seis, após belo lançamento de Felipe, o zagueiro Bruno Rodrigo chegou antes de Eder Luis, que sairia na cara do goleiro Rafael, e mandou para escanteio. Aos sete, após cruzamento de Felipe, Alecsandro se esticou e conseguiu desviar a bola, que saiu sem perigo, mas a jogada já havia sido paralisada por impedimento. Aos oito, no contra-ataque, após passe de Bill, Miralles saiu na cara de Fernando Prass e bateu na saída do goleiro cruz-maltino, abrindo o placar para o Santos.

Aos 13, mais um ótimo passe de Felipe para Eder Luis que, desta vez, fez o gol, mas o auxiliar já havia assinalado o impedimento do ataque vascaíno. Dois minutos depois, Bruno Peres tentou o cruzamento, mas a bola acabou indo direto para o gol, obrigando Fernando Prass a fazer difícil defesa. Aos 20, após tabela entre Felipe Anderson e Durval, o atacante do Santos arriscou e a bola foi para fora.

Aos 23, Bruno Peres pegou a sobra e chutou forte. Fernando Prass, mais uma vez, fez brilhante defesa e mandou a bola para escanteio. Aos 30, Fernando Prass teve que antecipar o zagueiro Bruno Peres, evitando o segundo gol. No minuto seguinte, após cruzamento de Wendel, Alecsandro, marcado, cabeceou para fora. Aos 40, Carlos Alberto arriscou de longe, a bola desviou e passou muito perto do gol.

O Vasco jogou bem. O gol do Santos, logo no início, não atrapalhou o estilo de jogo vascaíno, que trocou bem os passes no meio campo, tanto é que terminou a primeira etapa com mais posse de bola.

Após gol relâmpago do Santos, Vasco tenta reação

Logo no início do segundo tempo, após lançamento preciso de Felipe Anderson, Miralles apareceu livre, na cara de Fernando Prass, e chutou na saída do arqueiro vascaíno, ampliando para o Santos. Aos seis, Fellipe Bastos carregou a bola e arriscou de longe, para fácil defesa de Rafael.

Aos 12, Felipe lançou Eder Luis, que chutou para a defesa de Rafael. No rebote, Nilton arriscou, mas a bola saiu em tiro de meta. Aos 14, na primeira jogada de Marlone, que entrou no lugar do Carlos Alberto, o meio campista vascaíno passou por dois e arriscou, mas Rafael defendeu mais uma vez. No minuto seguinte, Alecsandro arriscou de voleio, mas já havia sido marcado impedimento do atacante.

Aos 29, após cobrança de falta de Felipe Anderson, a zaga vascaína afastou o perigo. Aos 30, na cobrança de falta de Fellipe Bastos, em que a bola bateu na trave, o auxiliar marcou impedimento de Nilton, anulando o lance. Três minutos depois, Fellipe Bastos recebeu na entrada da área e arriscou forte, mas a bola subiu e acabou saindo em tiro de meta. Aos 39, Pipico, em sua primeira jogada, foi até a lateral e fez o cruzamento, mas a zaga do Santos afastou a bola.

Ao final, o Vasco até buscou o ataque, mas a forte marcação do Santos impossibilitou qualquer reação. Principalmente após o segundo gol, a equipe do Santos se fechou e passou a explorar os contra-ataques, dificultando o jogo do Vasco. Com o resultado, o Gigante da Colina perdeu a quarta colocação para o São Paulo.

Próximo jogo
O Vasco volta a campo na próxima quinta-feira (18), às 21h, para enfrentar a equipe do Botafogo, no Engenhão.

Ficha Técnica
SANTOS 2 X 0 VASCO

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 14/10/2012 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR/FIFA) e Thiago Gomes Brigido (CE)
Cartões amarelos: Henrique e Rafael (Santos); Nilton e Fellipe Bastos (Vasco)
Gols: Miralles, 8/1ºT (1-0); Miralles, 1/2ºT (2-0);

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Henrique (Gerson Magrão, 23/2ºT) e Felipe Anderson; Miralles (Patrício Rodrigues, 37/2ºT) e Bill. Técnico: Muricy Ramalho.

VASCO: Fernando Prass; Jonas (Pipico, 34/2ºT), Rodolfo, Douglas e Wendel; Nilton, Felipe (Jhon Cley, 21/2ºT), Fellipe Bastos e Carlos Alberto (Marlone, 13/2ºT); Éder Luís e Alecsandro. Técnico: Marcelo Oliveira.