Publicidade
Esportes
Craque

Vasco vence Sport Recife fora de casa e assume liderança do Brasileiro

Sport e Vasco foram prejudicados pelo gramado encharcado da Ilha do Retiro e fizeram um primeiro tempo muito truncado e com poucas finalizações 08/08/2012 às 18:59
Show 1
Juninho abriu o placar numa bela cobrança de falta
Uol Rio de Janeiro

Foi melhor do que a encomenda para Juninho. Nesta quarta-feira, o meia reencontrou o Sport pela primeira vez desde o retorno ao Brasil e ajudou na vitória do Vasco por 2 a 0, na Ilha do Retiro. O capitão cruzmaltino chegou a ser vaiado pelos pernambucanos, mas respondeu com um belo gol de falta. No final da partida, o equatoriano Tenorio fechou o placar. O resultado colocou o Gigante da Colina na liderança do Campeonato Brasileiro. A torcida agora é pelo Coritiba no duelo contra o Atlético-MG, na próxima quinta-feira, às 21h, em Belo Horizonte.

A forte chuva que caiu em Recife antes do jogo prejudicou consideravelmente as condições do gramado. Nos primeiros minutos, a briga das equipes foi contra as poças espalhadas pelo terreno. Os times demoraram a se acostumar com o campo. Desta forma, as oportunidades de gol também tardaram a aparecer.

Passes errados deram o tom durante a maior parte da primeira etapa. Enquanto os olhos se voltavam para Juninho e seu reencontro com o clube que o formou para o futebol, o Vasco tentava acioná-lo em conjunto com os atacantes, mas não obtinha sucesso. Os dois goleiros praticamente não encostaram na bola durante os primeiros 45 minutos.

As equipes foram para o vestiário lamentando o estado do gramado, enquanto os torcedores apostavam em uma melhora técnica durante o segundo tempo. O Gigante da Colina voltou com Tenorio na vaga de Eder Luis buscando maior força ofensiva diante dos zagueiros pernambucanos.

Mas foram os donos da casa que tiveram as primeiras chances claras de abrir o placar. Aos 11min, Marquinhos Gabriel cruzou para a área e Moacir cabeceou no travessão para inflamar a torcida rubro-negra. Aos 14, Rithely recebeu sozinho na área e chutou para excelente defesa de Fernando Prass.

O Vasco apostava na vitória com um gol de bola parada e o talento de Juninho Pernambucano. Aos 22min, a esperada oportunidade aconteceu. Nilton foi puxado por Diego Ivo na entrada da área. Juninho cobrou a falta com perfeição e colocou a bola no ângulo esquerdo do goleiro Magrão.

Aos 29min, o Cruzmaltino quase ampliou. Juninho lançou Tenorio, que entrou livre na área e driblou Magrão. Diego Ivo salvou quase em cima da linha. Antes do fim do jogo, Juninho ainda foi substituído para ser saudado pelos vascaínos presentes ao estádio. E ainda deu tempo para mais festa. Aos 39min, Tenorio aproveitou falha da defesa, driblou o goleiro Magrão, tirou Tobi da jogada e empurrou para o fundo da rede dando números finais ao placar.