Publicidade
Esportes
Craque

Viagem no tempo: a origem da rivalidade

Reportagem do CRAQUE conta como e quando aconteceu o primeiro jogo entre Amazonas x Pará, da história. O início de uma rivalidade e, também, de uma grande freguesia 17/03/2013 às 11:06
Show 1
Viagem no tempo: a origem da rivalidade
Leanderson Lima ---

A história de uma rivalidade histórica do futebol. Amazonas x Pará. Você sabe exatamente quando isso começou? Quando aconteceu a primeira partida entre equipes dos dois Estados? O professor e pesquisador Gaspar Viera Neto, 38 anos, garante ter encontrado a gênese deste grande confronto do futebol do Norte.

De acordo com Gaspar, a primeira partida entre times dos dois Estados aconteceu no dia 4 de abril de 1909. “O Sport Club do Pará estava de passagem por Manaus e eles resolveram lançar um desafio nos jornais da época”, explica o professor. Lançar desafios pela imprensa, aliás, era algo comum nesta época. Gaspar encontrou os registros nos jornais “O Amazonas” e também no “Jornal do Commercio”, ambos fazem parte do acervo do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA). De acordo com os periódicos, quem aceitou jogar a partida amistosa foi o Racing, de Manaus, um dos clubes mais populares da capital amazonense.

Amarelou?

Apesar do Racing ter aceitado o amistoso, o clube acabou não entrando em campo. “O que aconteceu, segundo os jornais da época, foi desistência do Racing. O clube havia jogado uma partida na manhã daquele domingo contra o Brasil Football e acabou perdendo o jogo. Acredito que isso tenha deixado a equipe desmotivada e eles acabaram desistindo do desafio”, opina Gaspar.

Para que o primeiro confronto Amazonas x Pará acontecesse, foi necessário um “plano B”, ou seja, convidar Brasil Football para enfrentar os paraenses. “Como eles haviam vencido o Racing eles se empolgaram e aceitaram jogar contra o time do Pará”, opina o pesquisado.

O time amazonense aceitou, mas, certamente, deve ter fica arrependido depois. O jogo aconteceu na praça Antônio Bittencourt (Praça do Congresso) e terminou com uma fácil vitória do Sport Clube Pará por 2 x 0, gols de Luis Paulino e Andrade. “Os jornais da época descrevem que este jogo teve um grande público. Foi a primeira partida envolvendo uma equipe amazonense contra um time de outro Estado. Esse foi o início da rivalidade Amazonas x Pará no futebol”, afirma Gaspar.

Deve virar livro

As pesquisas realizadas pelo professor Gaspar Viera Neto devem ser reunidas em um livro que deve ser lançado no ano que vem. O título provisório é “Memórias do Esporte Bretão Caboclo - Os primórdios do futebol no Amazonas (1906 a 1914).

Do Pará não passa?

Amazonas e Pará voltariam a protagonizar outros grandes confrontos, mas os times paraenses só voltariam a visitar o Amazonas em 1913.

A afirmação é do também professor e historiador Francisco Carlos Bittencourt, de 60 anos. “Neste ano (1913) foi o primeiro duelo de seleções. O time paraense era formado por um combinado de jogadores da União Esportiva, Clube do Remo e Paysandu”, revela. Já o lado amazonense tinha jogadores do Manaos Athletic, Manaos Sporting Club e do Luso Futebol Clube. O resultado, porém, não foi muito diferente do primeiro jogo: Seleção do Pará 3 Amazonas 0. Foi a segunda vitória de uma equipe paraense diante de um time amazonense, mas, o que pouca gente poderia imaginar era que a vantagem dos vizinhos iria se transformar mesmo em uma grande freguesia amazonense nos anos seguintes. “A seleção paraense obteve vários resultados elásticos diante da seleção do Amazonas como um 7 x 0 em 1926 e 1938; outro 6 x 1 em 1931 e até um 10 x 5 em 1939. Os times do Pará eram muito superiores aos times do Amazonas”, diz Francisco.

a primeira vezO Amazonas só pôde comemorar a primeira vitória no auge da Segunda Guerra Mundial, em 1943, quando a seleção amazonense venceu a equipe do Pará, na casa do rival, por 2 x 0. Outra vitória histórica para a seleção baré aconteceu em 1946, em pleno Parque Amazonense.

“Esse foi jogo foi 2 x 1 para o time amazonense”, lembra o professor Francisco. O último encontro entre as seleções ocorreu em 1960, no estádio Francisco Vasques, no Pará. E adivinha quem venceu? Nem precisa dizer, não é mesmo... Pará 3 Amazonas 1. “Realmente era uma freguesia total”, atesta o professor Francisco.