Publicidade
Esportes
Craque

Webber vence em Mônaco e confirma temporada mais equilibrada da história da F-1

Jenson Button (Austrália), Fernando Alonso (Malásia), Nico Rosberg (China), Sebastian Vettel (Bahrein) e Pastor Maldonado (Barcelona), além de Webber, foram os outros vencedores desta temporada 27/05/2012 às 11:37
Show 1
Mark Webber lidera o GP de Mônaco seguido de perto por Nico Rosberg. Australiano venceu sua primeira corrida no ano
Uol/ Esporte ---

O australiano Mark Webber foi o vencedor do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1, neste domingo, em Monte Carlo. O resultado transformou a atual temporada na mais equilibrada de todos os tempos, sem que nenhum piloto tenha vencido mais de uma vez nas seis primeiras provas de 2012.

Jenson Button (Austrália), Fernando Alonso (Malásia), Nico Rosberg (China), Sebastian Vettel (Bahrein) e Pastor Maldonado (Barcelona), além de Webber, foram os outros vencedores desta temporada. Até então, o recorde era de cinco ganhadores diferentes nos campeonatos deste ano e de 1983, quando Nelson Piquet, John Watson, Allan Prost, Patrick Tambay e Keke Rosberg saíram vitoriosos nas primeiras etapas.

O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, e o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, completaram o pódio em Mônaco. O brasileiro Felipe Massa terminou na sexta posição, enquanto seu compatriota Bruno Senna foi o 10º colocado.

Com a vitória, Webber empata com o companheiro de equipe Sebastian Vettel na segunda posição do Mundial de pilotos, com 73 pontos. Alonso se isolou na liderança com 76. Entre os construtores, liderança da Red Bull, seguida por McLaren e Ferrari.

Webber largou bem e manteve a primeira colocação, seguido por Rosberg e Hamilton. Na disputa de posição, Romain Grosjean acertou o carro de Michael Schumacher, abandonou a prova e fez com que o heptacampeão caísse para o oitavo lugar. Felipe Massa se aproveitou do acidente e pulou da sétima para a quinta colocação.

Outro beneficiado pelo acidente de Grosjean foi Vettel, que subiu do 10º para o sexto lugar. Bruno Senna ganhou três posições e fechou a primeira volta em 10º. Seu companheiro de equipe Pastor Maldonado, que largou em último lugar por trocar o câmbio, abandonou logo após a largada após se envolver em um acidente.

À espera de chuva, os primeiros colocados aguardaram ao máximo para realizarem a primeira parada para troca de pneus, o que ocorreu por volta da 28ª volta. Fernando Alonso aproveitou o bom trabalho da Ferrari para assumir a posição de Hamilton nos boxes e pular para a quarta posição.

O único dos líderes a adiar sua parada foi Vettel, que manteve bom rendimento na pista e contou com a entrada dos rivais nos boxes para assumir a ponta. O alemão foi para os boxes apenas na volta 47, voltando na quarta colocação.

Webber assumiu a liderança com a entrada de Vettel nos boxes e sofreu com os ataques de Nico Rosberg até o fim da corrida. A chuva finalmente apareceu nas 10 voltas finais, aumentando a disputa pelas primeiras colocações. A proximidade entre os carros, porém, não significou mudanças de posições e o australiano conseguiu segurar a ponta para confirmar a vitória.