Publicidade
Esportes
Craque

Zaga falha de novo em bola aérea, e São Paulo perde para o Grêmio no Morumbi

A derrota afasta ainda mais o Sâo Paulo da ponta da tabela (agora é o sétimo), e faz os gaúchos se aproximarem da liderança por diminuir a vantagem para o líder Atlético-MG 12/08/2012 às 17:29
Show 1
São Paulo e Grêmio jogaram no Morumbi
Uol São Paulo (SP)

Um problema crônico do São Paulo voltou à tona e impediu que a equipe conquistasse um bom resultado neste domingo no Morumbi. A zaga tricolor falhou novamente, deixou o Grêmio fazer dois gols em lances pelo alto e vencer por 2 a 1 o jogo pela 16ª rodada do Brasileiro.

A derrota afasta ainda mais o Sâo Paulo da ponta da tabela (agora é o sétimo), e faz os gaúchos se aproximarem da liderança por diminuir a vantagem para o líder Atlético-MG.

Com desfalques na zaga e no ataque, o São Paulo precisou improvisar. Cícero, meia de origem, fez seu segundo jogo como atacante e marcou o gol inicial. Casemiro, volante por vocação, ajudou a compor o sistema 3-5-2 de Ney Franco e foi um dos três beques tricolores.

O único gol são-paulino saiu quando Jadson aproveitou um contra-ataque rápido e o completou com sua sexta assistência no Brasileiro (a 15ª na temporada). O agraciado pelo passe em profundidade foi Cícero, que ficou na cara do gol e não perdoou o goleiro Marcelo Grohe. Um chute por cima, um leve desvio no arqueiro, 1 a 0 no placar aos 40min do primeiro tempo.

Além de mudar o marcador, o gol de Cícero fez aumentar a confiança da equipe. A partir dele, o São Paulo começou o movimento para ganhar o domínio da partida. Antes do apito que finalizou a primeira etapa, Maicon ainda perdeu a chance de aumentar o placar ao cabecear e ser bloqueado pelo goleiro gremista.

Sem criatividade no meio-campo, o jeito era jogar pelos lados. Douglas e João Filipe, pela direita, e Cortez, pela esquerda, eram sempre boas opções ofensivas. Em compensação, pelas costas do lateral-esquerdo, o gremista Elano encontrava os melhores espaços para ameaçar Rogério Ceni.

O gol de empate dos visitantes corou um período de domínio sutil sobre o São Paulo. Nasceu de um escanteio conquistado no segundo tempo pelo atacante Kleber. Após a cobrança, o zagueiro Werley subiu mais que todos os altos beques tricolores e tocou de cabeça sem chance para Ceni.

A segurança na apresentada pela defesa são-paulina acabou com a gol gremista. Mesmo levando sustos atrás, a equipe precisava sair para o jogo, e o técnico Ney Franco tentou chegar a vitória fazendo entrar Willian José no lugar de Casemiro. Mas o atacante voltou a cometer os erros de sempre e não ajudou o seu time.

O correr do relógio era ótimo para o Grêmio que passou a conzinhar o jogo e prender o São Paulo no meio de campo. No último minuto, o time da casa foi duramente castigado. André Lima aproveitou uma sobra de bola na área e garantiu a vitória para o gaúchos. Os jogadores tricolores não conseguiram fugir da marcação nem corrigir seus erros e amargaram mais um resultado negativo em sua campanha irregular.