Publicidade
Esportes
Craque

Zidane comemora sucesso de jogo contra a pobreza

Tamanha empolgação durante o amistoso contagiou o aposentado meio-campista francês, uma das principais estrelas da noite 20/12/2012 às 12:53
Show 1
Amistoso Amigos do Ronaldo x Amigos do Zidane lota Arena do Grêmio
FIFA.com ---

O Jogo contra a Pobreza promovido por Zidane e Ronaldo na Arena do Grêmio, nesta quarta-feira, nem parecia um amistoso. O público (a maioria de gremistas) apoiou bastante, vaiou os colorados Leandro Damião e Guiñazú e aplaudiu seus ídolos e convidados estrangeiros. Tamanha empolgação contagiou o aposentado meio-campista francês, uma das principais estrelas da noite.


"É um público que gosta muito de futebol. Isso me deixa feliz", sorriu Zidane, como sempre com poucas palavras à beira do campo. O astro ainda enalteceu o caráter social do Jogo Contra a Pobreza. "As pessoas vieram desfrutar a partida, mas também colaborar. É um dia importante para o grande evento que faço com o Ronaldo”.

Dentro de campo, o time de Ronaldo venceu o de Zidane (que marcou um golaço) por 3 a 2. O Fenômeno, no entanto, deixou o campo logo no início do segundo tempo. Mais magro após participar de um reality show para perder peso, ele culpou uma lesão na virilha por sua atuação discreta.

De qualquer forma,  Ronaldo estava tão contente quanto Zidane. "Tentar vencer é só uma pequena retribuição que a gente dá para a galera que comprou ingresso. A solidariedade que o povo gaúcho demonstrou, com uma grande participação na Arena do Grêmio, já me deixa muito satisfeito e agradecido", discursou.

Fãs dentro de campo
Não era apenas nas arquibancadas que os fãs se emocionavam com a presença de grandes estrelas mundiais. Dentro, o zagueiro Dedé não escondeu o sentimento ao ver o craque francês de perto. "É engraçado. Quando os jogadores chegaram, foram todos se cumprimentar. O Zidane estava lá. Mostrei para ele como eu estava tremendo. Ele brincou e disse que também havia tremido. Demos risada", contou Dedé, que não conseguiu conter o ataque do time de Ronaldo na derrota por 3 a 2.

Para o zagueiro, contudo, o placar era o que menos importava nesta noite. "O que nos deixa felizes é participar de uma partida que vai ajudar muita gente", comentou, antes de voltar a ser tiete. "Ronaldo e Zidane são os meus dois maiores ídolos. Estou sem palavras mesmo."

Além de Dedé, o próprio Neymar relatou sua felicidade por participar do evento ao lado dos  gênios. "Estou muito honrado de fazer parte da festa ao lado dos meus ídolos. É uma satisfação muito grande jogar com eles", disse o atacante Neymar, que defendeu a equipe de Ronaldo.