Publicidade
Amazônia
Amazônia

Amazonas pode perder segunda vaga da Série D para o Pará

Nacional ou Princesa, quem vencer o primeiro turno do Amazonense, só poderá entrar na Série D do Campeonato Brasileiro se houver duas desistências 13/03/2012 às 17:49
Show 1
Princesa, de vermelho, quer vaga na Série D se vencer o Nacional
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

A mudança dos componentes do Grupo A 1 da Série D do Campeonato Brasileiro pode acarretar em prejuizo para o futebol Amazonense na competição. Como a CBF trocou um representante do Mato Grosso (MT), por um do Pará (PA), em caso de desistência de um time da região Norte, a Federação Paraense terá prioridade na indicação de mais uma equipe.

Isso já aconteceu na segunda edição da Série D, quando Roraima (RR) não indicou representante e o Perá entrou com a equipe do Cametá. Naquela oportunidade o Clube do era o primeiro representante. A entrada de uma segunda equipe do mesmo estado facilita até para o primeiro representante, pois, as depesas com viagens são custeadas pelo clube.

Para a Federação Amazonense de Futebol (FAF), indicar um segundo time, será necessário a desistência de duas equipes, como aconteceu no ano passado, quando Roraima e Rondônia não indicaram representantes e o Amazonas teve o Nacional como segundo time e caiu no mesmo grupo do Penarol.

Até agora, das cinco vagas do Grupo A 1, apenas o Penarol está confirmado e as Federaçãoes terão até o dia 13 de abril para confirmar seus representantes. A Série D tem data prevista para começar no dia 27 de maio, uma semana após os Estaduais.

Confira o Grupo A 1 da Série D

Penarol

Roraima

Pará

Rondônia

Acre