Publicidade
Amazônia
Amazônia

Apuí (AM) foi o segundo município da Amazônia que mais desmatou em agosto

Dados foram divulgados pelo Sistema de Alerta de Desmatamento do Imazon. O SAD registrou 56 quilômetros quadrados de desmatamento nos Assentamentos de Reforma Agrária durante agosto de  2012 14/09/2012 às 17:00
Show 1
Apuí já possuía o título de município com maior índice de desmatamento, junto com Lábrea
acritica.com Manaus

Os dois municípios da Amazônia que mais desmataram no mês de agosto foram Novo Progresso, no Pará, e Apuí, no Amazonas, segundo monitoramento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que realiza mensalmente levantamento na região. Os dados foram divulgados pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (Sad) do Imazon, nesta sexta-feira (14).

O SAD também registrou 56 quilômetros quadrados de desmatamento nos Assentamentos de Reforma Agrária durante agosto de  2012.

Os 10 assentamentos  mais  afetados  pelo  desmatamento foram PA Rio Juma (Apuí, Amazonas), PDS Caracol (Trairão, Pará), PDS Terra Nossa (Altamira, Pará), PA Juruena  (Cotriguaçu, Mato Grosso), PA Acari  (Novo Aripuanã, Amazonas), PA Arapari  (São Félix do Xingu, Pará), PA  Santa Júlia  (Novo  Progresso,  Pará),  PA Monte  (Lábrea, Amazonas),  PA Nova Cotriguaçu (Cotriguaçu, Mato Grosso) e PDS Laranjal (Jacareacanga, Pará).

O SAD detectou 232  quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal em agosto de 2012 (primeiro mês do novo ano de desmatamento). Isso representou uma diminuição de 3%  em  relação  a  agosto  de  2011, quando o desmatamento somou 239 quilômetros quadrados.

Em agosto de 2012, o Pará liderou com 50% do desmatamento, seguido por Mato Grosso (19%),  Amazonas  (16%) e Rondônia  (15%). Em agosto de 2012, o aumento do desmatamento em relação a agosto de 2011 foi expressivo no Amazonas (+66%) e Mato Grosso (+21%).

Por outro lado, houve redução no desmatamento em Roraima (-100%), Acre (-89), Rondônia  (-26) e Pará  (-2%).