Publicidade
Amazônia
Amazônia

Dez toneladas de polpa de açaí são apreendidas no interior do AM

"As polpas estão em embalagens reutilizadas e no plástico diz que o produto é impróprio para o consumo humano e animal, o que podemos dizer que esse plástico armazenava algum produto tóxico", disse um fiscal federal agropecuário 15/04/2012 às 18:59
Show 1
Dez toneladas de polpa de açaí sem registro foram apreendidas dentro de um caminhão frigorífico, no município de Manacapuru
Evelyn Souza Manaus

Uma equipe do batalhão ambiental da Polícia Militar se deslocou até Manacapuru (distante a 68 quilômetros de Manaus), onde foi dar apoio a uma equipe da Superintendência Federal de Agricultura. Na ocasião as equipes apreenderam um caminhão frigorífico com dez toneladas de polpa de açaí, sem registro. Uma pessoa se identificou como responsável pela carga.

De acordo com o fiscal federal agropecuário, Rodrigo Leite, o caminhão frigorífico iria transportar essa carga possivelmente para o estado do Pará.

“A carga veio de Codajás e desembarcou no porto do bairro da Terra Preta em Manacapuru. Ela não tem registro de polpa nem do fabricante”, disse.

Rodrigo explicou que toda a polpa de fruta tem que ter registro da mercadoria e também do fabricante no Ministério da Agricultura.

“A gente sabe que lá em Codajás tem muita polpa sendo fabricada sem as condições necessárias. Estas apreendidas, estão em embalagens reutilizadas, onde no plástico diz que o produto é impróprio para o consumo humano e animal, o que podemos dizer que esse plástico armazenava algum produto tóxico”, ressaltou.

O homem que estava conduzindo o veículo se responsabilizou pela carga, que será trazida para Manaus e vai para a sede da Superintendência Federal de Agricultura, informou o fiscal.